O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Infarmed retira do mercado produtos capilares perigosos para a saúde

19 out, 2016 - 11:01

Mistura de conservantes nos produtos da marca AnaLéa está proibida em Portugal e pode provocar alergia.
A+ / A-

A Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) anunciou esta quarta-feira a retirada do mercado de todos os lotes capilares da marca AnaLéa por conterem mistura de conservantes proibidos que podem colocar em risco a saúde humana.

Em comunicado, o Infarmed esclarece que os lotes de produtos capilares da marca AnaLéa possuem uma mistura de ingredientes cuja utilização é proibida em produtos cosméticos não enxaguáveis desde 16 de Abril deste ano.

Por isso, ordenou a suspensão imediata da comercialização e a retirada do mercado destes produtos.

Em causa estão os produtos AnaLéa Afro Ativador de Cachos, Blindagem Concentrada do Kit AnaLéa Nutretrat Blindagem Construtora Capilar, Defrizante do Kit Profissional de Alisamento e Relaxamento Guanidina Jaborandi Regular, Propolis Natural Creme para Pentear e Analéa Umidix Creme para Pentear Humidificante Multi S.O.S.

"A utilização de produtos não enxaguáveis contendo esta mistura de conservantes pode colocar em sério risco a saúde humana por induzir alergia de contacto", anunciou o Infarmed.

Por isso, a autoridade nacional do medicamento determinou a suspensão de venda do produto e pediu aos consumidores que os adquiriram que não os utilizem.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.