O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Notícia Renascença

Joaquim Leitão, coronel da confiança de Costa, vai liderar Protecção Civil

17 out, 2016 - 13:02 • Celso Paiva Sol

Escolha gerou alguma estranheza porque a tradição tem passado por escolher generais. Nos últimos dez anos, Joaquim Leitão cruzou-se várias vezes com António Costa.
A+ / A-

O coronel Joaquim Leitão vai ser o próximo presidente da Autoridade Nacional de Protecção Civil. A Renascença sabe que esse é o nome escolhido pelo Governo para substituir o general Grave Pereira, que se demitiu no início de Setembro, em clara ruptura com a ministra da Administração Interna.

Joaquim Leitão, de 54 anos, já foi comandante dos Sapadores de Lisboa e volta agora a um serviço onde também já trabalhou. Nos últimos dez anos, cruzou-se várias vezes com António Costa.

Para responsável máximo da Protecção Civil volta a ser escolhido um militar, mas desta vez, quebrando uma longa tradição, não se trata de um general. Embora tenha merecido parecer positivo por parte do Ministério da Defesa, a Renascença sabe que foi sublinhado com alguma estranheza o facto de o escolhido ser apenas coronel.

A posse deverá acontecer ainda esta semana e para que a data seja marcada já só falta o parecer do Conselho Superior de Protecção Civil - que também deverá reunir esta semana.

A confiança de Costa

Não é a primeira vez que Joaquim Leitão é nomeado, directa ou indirectamente, por António Costa.

Em 2005 foi adjunto do gabinete do secretário de Estado da Administração Interna quando António Costa era ministro daquela pasta. Um ano depois, ainda com a mesma tutela, foi para a Autoridade Nacional de Protecção Civil, como 2.º comandante de operações. Em 2008, já com António Costa como presidente da Câmara de Lisboa, Joaquim Leitão foi nomeado comandante do Regimento de Sapadores Bombeiros – corpo que depende da autarquia da capital.

Depois de seis anos nos Sapadores, o coronel Joaquim Leitão ainda foi subdirector da Escola de Serviço de Saúde Militar e estava desde Janeiro no Ministério da Administração Interna, outra vez como adjunto na Secretaria de Estado.

Agora, com António Costa já como primeiro-ministro, Joaquim Leitão volta à Protecção Civil.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Joaquim Albernaz
    16 out, 2017 Oeiras 18:47
    Quem por aqui escreve que tenham ao menos respeito pelas vitimas mortais destes incêndios. Haja decoro!!!! Isto é a Renascença....!!!!
  • Helder Gouveia
    08 jul, 2017 Lisboa 18:23
    Snr Coronel Joaquim Leitão, peça a sua DEMISSÃO, e vá para a TROPA ensinar os soldados a gritar de NOITE : SENTINELA ALERTA, respodo eu ALERTA ESTÀ, depois quem não responder ????? terá a resposta. MORREU MUITA GENTE . VÁ-SE EMBORA !!!VÁ para o QUARTEL DO EXERCITO. Não queira continuar com as COMUNICAÇÕES do " CIPRESTE " Cheira a MORTE. , e ainda por cima com os COMANDANTES a mandarem uns nos OUTROS, e a querem fazer comunicados na TV " BRIFINGS" e GUARDAS de HONRA aos Presidente da Republica, 1º Ministro etc etc. e os FOGOS a Lavrarem e as pessoas a morrer, DEMITA-SE
  • Carlos Antunes
    02 jul, 2017 Leiria 10:45
    Este tipo já deveria ter sido corrido do tacho. Foi vê-lo no Sexta às 11 a comentar a tragédia de Pedrógão, onde apenas se limitou a sacudir a água do capote e a tentar justificar o que não tem justificação. Um tretinhas! Estamos entregues à bicharada!
  • Indignada
    20 jun, 2017 Fig. Foz 18:50
    Mera acção de cosmética! Os democráticos fogos vão continuando numa manifesto desprezo pelas pessoas, pelas vítimas dos incêndios, e pelos seus bens! Mas num regime que apoia comportamentos contranatura, a matança de Inocentes=aborto e quer legalizar a eutanazia=matança da "peste grisalha", o que esperam? Para completar o ramalhete, temos uma cambada de opinadores, que não passam de um rebanho amestrado, pois limitam-se a lamentar o sucedido, sem exigir julgamento e prisão dos políticos corruptos que são responsáveis pelo laxismo, que duram há 40 anos..., NÃO 40 dias!
  • Carlos Alberto Neves
    17 out, 2016 S. Pedro do Esteval 23:16
    Ser bombeiro de cidade não é o mesmo que ser bombeiro de incêndios florestais,mais um tiro no pé dos nossos governantes.
  • Petervlg
    17 out, 2016 Trofa 21:30
    Costa, não se arranja mais um tacho?
  • martins
    17 out, 2016 dortmund 21:02
    joao semana explica ai qual a diferenca entre um coronel e um general porque ou eu sou muito burro ou tu porque pelo que sei um coronel e um general sao treinados para manejar armas -faz me lenbrar um certo major que foi colocado a frente de uma empresa de transportes pelo mario soares certo dia os trabalhadores exigimos a presenca dele na garagem para ver o que la se passava a certa altura ele exclamou digam me o que e preciso fazer porque eu nao entendo nada disto-- essa a grande diferenca entre pessoas nomeadas por cores politicas ou nomeadas pelas pessoas que estao dentro do assunto sem cores politicas empresas onde as administracoes eram eleitos por concurssos dentro das propias empresas sem interferencias politicas progrediram e cresceram depois que comecaram a ser geridas por pessoas nomeadas pelos politicos essas empressas faliram e as que ainda nao faliram estao na falencia e a dar milhoes de prejuizo ao estado estado que que e o povo porque quem paga tudo e quem trabalha e nao os politicos
  • Os xuxinhas
    17 out, 2016 lisboa 20:02
    O clube dos xuxas tachistas.
  • E não falta
    17 out, 2016 lis 19:57
    A intrigalhada noticiosa! Mas o que tem a ver ser ou não general? É competente ou não? Sabe das funções ou não? Isso é que é importante!
  • MANEL
    17 out, 2016 almada , cova da piedade 17:36
    Os coronéis também chegam a generais.