O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

A Renascença vai mudar e Carla Rocha será a voz das manhãs

07 out, 2016 - 08:50

A sua rádio terá mais informação e análise a partir de 17 de Outubro. Carla Rocha conduz as manhãs, que terão também Pedro Santos Guerreiro, Francisco Assis, Henrique Raposo, Jacinto Lucas Pires e João Taborda da Gama.
A+ / A-

Carla Rocha será a voz da manhã da Renascença renovada que vai nascer a 17 de Outubro. A ex-apresentadora da RFM, que se popularizou no programa Café da Manhã, vai conduzir a emissão matinal de uma rádio apostada em simplificar a vida, as notícias e a actualidade.

“É uma rádio próxima das pessoas, uma rádio que descomplica os temas da actualidade. Vivemos num mundo complexo, mas a forma de o explicar não tem que ser complexa. Podemos falar a linguagem do ouvinte e aproximarmo-nos, tratando os temas que têm impacto na vida das pessoas que nos ouvem”, diz Carla Rocha, que vai conduzir as manhãs da Renascença entre as 6h30 e as 10h00.

Com mais informação e análise, a Renascença continuará a ser uma marca de confiança, presente em múltiplas plataformas. Vamos aproximarmo-nos dos ouvintes, ajudando-os a perceber o país e o mundo. Como? Através de conversas esclarecedoras, histórias inspiradoras e debates que mostram que a realidade não é a preto e branco.

Num formato inovador, Carla Rocha conta com uma vasta equipa de jornalistas e comentadores que, ao longo da manhã, trazem para a antena toda a actualidade e as respostas às questões mais relevantes do dia.

Nas manhãs de segunda a sexta-feira, Pedro Santos Guerreiro, director do “Expresso”, e Raquel Abecasis, directora-adjunta de Informação da Renascença, vão comentar a actualidade.

As manhãs da Renascença terão também debates entre Henrique Raposo e Jacinto Lucas Pires, João Taborda da Gama e Francisco Assis – olhares cruzados sobre o que se passa em Portugal e no mundo.

As mudanças na Renascença não se ficam pelas manhãs. Esteja atento: vamos anunciá-las em breve.

As novas manhãs da Renascença com Carla Rocha
As novas manhãs da Renascença com Carla Rocha
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Humberto Casanova
    31 jan, 2017 Oeiras 00:21
    Boa noite. Espero que a introdução de mais conteúdos noticiosos (políticos/económicos) num tom mais "leve" tenha tido os resultados esperados para este canal. No entanto, gostaria de saber em que programa participa actualmente a anterior locutora, Dina Isabel. Gostaria ainda de referir que às vezes é difícil distinguir entre o trabalho de locutora de Carla Santos no programa da manhã e a publicidade (presumo que faça muitos anúncios pois tem tendência a fazer esse tipo de voz, mesmo quando está a falar com os entrevistados). Obrigado, cumprimentos.
  • F amorim
    21 jan, 2017 Vila Nova de Gaia 23:26
    Olá Carla Rocha , como está a Srª'? Há pessoas que são muito mais do que somente profissionais de Rádio . A sua tarefa quando foi para a RFM , não deve ter sido fácil , no entanto a Carla (Desculpe o Carla) tinha e tem o mais importante , o dom de comunicar com as pessoas . Como bem sabe isso não se ensina, temos que ter Humanidade , a alegria ao falar e comunicar , não esconder emoções e ainda recordo as picardias entre si e o colega que abria as manhãs da RFM "B dia J. a acordar Portugal " quando a Srª estava grávida , as suas gargalhadas espontâneas e alegres acerca do nome do(a) seu filho , a forma como partilhava preocupações de Mãe e ainda arranjava forças para nos despertar com a alegria de sempre . Volto a referir que a sua responsabilidade era enorme , devido ao peso e responsabilidade que equipa da RFM exigia e exige . A Rádio , A RFM , claro que vou falar no Oceano Pacífico , J Fernandes , o J Chaves que herdou uma herança "pesada" e que tão bem se saiu , sim, até porque convenhamos que o legado que lhe foi deixado era de grande responsabilidade . Estou para aqui a "falar" Carla para lhe dizer Obrigado . Não imagina a sorte que tem . A Música , o falar através dela é a minha paixão , a forma como comunico . A música não quer egoísmos, a música requer paixão , a música é uma "arma" , um abraço, um beijo . A música é uma parte de nós ,, enfim Liberdade . O RESPEITO é o meu mote na pagª Face . Quando quiser escutar b música , atreva se . Ob C Rocha .Obriga
  • antonio moreira
    19 out, 2016 armação de pera 17:54
    Gostaria de saber onde foi parar aquela equipa maravilhosa que me animava todas as manhãs das 7 as 10 horas
  • Hélder Almeida
    19 out, 2016 Lisboa 14:31
    Gostaria de saber onde foi parar aquela equipa maravilhosa que me animava todas as manhãs das 7 as 10 horas
  • Helena Pinto
    14 out, 2016 Lisboa 21:26
    Vou ter saudades da boa disposição da Dina, do Óscar, da Miriam e do Renato. Acordar com com pessoas divertidas é muito agradável. Certamente não vou ter paciência para comentarios logo pelas 7h da manhã. Mas há alternativas, felizmente! Boa sorte para a Carla Rocha e convidados!
  • Agostinho Ferreira
    12 out, 2016 Loulé 21:00
    Sou ouvinte da RR desde que me conheço,desde o famoso e invejável "Despertar" que liderou as audiências durante vários anos.....as manhãs da RR têm sido um desastre....por lá passaram,Fernando Teófilo,Paulino Coelho,Pedro Tojal e Dina Isabel.....Todos sabemos que não é fácil substituir António Sala e Olga Cardoso!.....Vem aí mais uma ligada de ar fresco que se chama Carla Rocha!....Vamos esperar para ver!....Felicidades Carla!....
  • Pedro
    10 out, 2016 Lisboa 11:27
    Parabéns pela mudança. Muitos ouvintes que se afastaram da RR (os estudos de audiência assim o provam - em 10 anos a RR passou de 12% para 6%) estavam fartos da linha programática instituída nos últimos anos. Para música a metro, banalidades e alguma boçalidade já temos a RFM, Comercial, Mega Hits, M80, Cidade... Ainda bem que a RR vai mudar. Esperemos que não fique apenas pela manhã. A aposta no desporto não deve ser esquecida. Os ouvintes agradecem.
  • Antonio
    09 out, 2016 Lisboa 21:40
    É uma pena. Já temos a TSF!!!!! Quem vai ganhar e continuar a crescer é a M80!!!
  • Antunes
    08 out, 2016 Leiria 19:44
    Tudo dito pelo comentador Carlos das 14:18. O comportamento actual da RR é de facto extremamente triste. Cada vez mais entrincheirados, do lado fanático da sociedade. Duvido que o Papa Francisco ouvisse esta rádio. Assim, não.
  • Carlos
    08 out, 2016 Coimbra 14:18
    Bem, nem sei por onde começar. A senhora de cultura geral sabe zero. Vão ser só gaffes. O Henrique Raposo afasta ouvintes: perturba os colegas de debate, nunca está calado. Além de ser muito fraquinho. O Assis precisa de palco. Pelos vistos, ningúem trabalha de manhã no PE. O Taborda da Gama é a cereja no topo do bolo: pior seria impossível. Jamais ouvirei semelhante atentado. Podiam ter convidado alguém de esquerda, já agora. Fiasco, vai ser um fiasco. Já temos a TSF, não sei se sabem. Até me custa ver a RR assim, Que painel medonho. Só falta mesmo é a Graça Franco comentar diariamente a missa das 7 do Campo Grande.