O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Iraque não impedirá investigação a filhos do embaixador

23 set, 2016 - 21:13

Bagdad vai enviar um alto-funcionário a Portugal para decidir sobre eventual levantamento da imunidade diplomática no caso de Ponte de Sor.
A+ / A-

O ministro iraquiano dos Negócios Estrangeiros garante que o país não se opõe à investigação aos filhos do seu embaixador em Lisboa e que um enviado decidirá o levantamento da sua imunidade nas próximas duas semanas. A informação foi avançada por Augusto Santos Silva.

"O meu colega iraquiano disse que não se oporão a qualquer exigência da lei para que a investigação possa ser concluída", disse em Nova Iorque o ministro português dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, no final de uma reunião em Nova Iorque com o seu homologo iraquiano, Ibrahim Al-Jaafari.

"Decidimos que o Iraque enviará um enviado especial, um alto-funcionário dos Negócios Estrangeiros, a Lisboa até ao princípio de Outubro com mandato suficiente para que se tome uma decisão final", adiantou o ministro português.

Augusto Santos Silva reafirmou ao seu homólogo que Portugal não abdica do levantamento da imunidade diplomática e lembra os mecanismos previstos na Convenção de Viena para casos semelhantes.

Os filhos do embaixador do Iraque em Lisboa estão a ser investigados num caso de espancamento em Ponte de Sor em agosto, que provocou ferimentos muito graves a um jovem de 15 anos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.