A+ / A-

Marcelo condecora conselheiro do Papa Francisco

28 jun, 2016 - 20:13

Cardeal Sean Patrick O'Malley foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, por serviços à comunidade portuguesa.
A+ / A-

O Presidente da República distinguiu esta terça-feira o cardeal Sean Patrick O'Malley, conselheiro do Papa, com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, por serviços à comunidade portuguesa.

No final de uma conferência na Universidade Católica de Lisboa sobre "A missão do Papa Francisco e os desafios da Igreja no presente", Marcelo Rebelo de Sousa impôs a distinção ao arcebispo de Boston, dizendo que esta pretende distinguir os serviços prestados à comunidade portuguesa nos Estados Unidos.

O cardeal Sean O'Malley, nomeado pelo Papa para presidir à comissão pontifícia para a protecção de menores, esteve hoje em Lisboa para falar sobre a missão de Francisco e os desafios da Igreja.

Mais misericórdia e menos moralismo é a novidade deste pontificado do Papa Francisco, na leitura do arcebispo de Boston. E deu o exemplo do aborto.

“Algumas pessoas pensam que o Santo Padre deveria falar mais sobre o aborto. Tenho para mim que ele fala do amor e misericórdia para dar a todos o contexto dos ensinamentos da Igreja sobre o aborto. Somos contra o aborto não por sermos maus, mesquinhos ou antiquados, mas porque amamos as pessoas. É isso que temos que mostrar ao mundo”, afirmou o cardeal Sean O'Malley.


guialiga19_20_banner
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Frei Tomás
    28 jun, 2016 Convento 20:57
    Minha Nossa Senhora, um beato a condecorar outro, mas por alma de quem? Quem nos acode?