A+ / A-

Casa Branca convida Portugal para cimeira de empreendedorismo

21 jun, 2016 - 15:08

Governo vai apresentar estratégia para a área do empreendedorismo e falar das iniciativas portuguesas. Evento exclusivo reúne representantes de todo o mundo.
A+ / A-

O secretário de Estado da Indústria português, João Vasconcelos, é um de quatro governantes europeus convidados pela Casa Branca a participar na Global Entrepreneurship Summit, que decorre esta semana na Universidade de Stanford, na Califórnia.

"Foi um processo que demorou vários meses. Ser seleccionado foi o reconhecimento de que estamos no caminho certo", disse João Vasconcelos à Lusa.

A candidatura contou com a ajuda da embaixada dos EUA em Lisboa, que explicou à Secretaria de Estado norte-americana as iniciativas que Portugal tem na área das startups e investimentos tecnológicos.

"Estão presentes empresários, investidores e políticos de todo o mundo. É uma oportunidade única para explicar o trabalho que estamos a fazer e as oportunidades de investimento que existem no nosso país", disse o secretário de Estado.

Na sua apresentação, Vasconcelos vai falar do Programa Nacional Startup, que resume a estratégia do Governo para a área do empreendedorismo a 15 medidas, e do Indústria 4.0, que será lançado em Julho e focado na formação de recurso humanos.

"Vou ainda falar de investimento estrangeiro e das oportunidades de co-investimento que existem nesta área, um tipo de investimento que temos privilegiado", acrescentou o secretário de Estado.

A cimeira, que acontece entre quarta e sexta-feira, é organizada pela sétima vez e regressa aos Estados Unidos depois de ter acontecido na Turquia, Emirados Árabes Unidos, Malásia, Marrocos e Quénia.

"Ao trazer a cimeira de novo para os EUA, o presidente Obama destaca o seu compromisso na construção de pontes que nos ajudam a enfrentar unidos os desafios globais", explica a organização.

O secretário de Estado também participa hoje na conferência PreMoney, organizada pela 500 Startups.

Durante a viagem, o responsável terá encontros com diferentes tipos de investidores e com incubadoras de jovens empresas, como a Plug & Play ou a Runway.

Terá também lugar um encontro com fundadores portugueses de empresas tecnológicas, que levantam capital nos EUA para investimento nas suas empresas em Portugal, e seus investidores.

O secretário de Estado visitará ainda o mais relevante investimento português na região, da corticeira Amorim, que importa rolhas de Portugal para os EUA, e reunirá com responsáveis do fabricante norte-americano de automóveis Tesla.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.