A+ / A-

Jovens cientistas portugueses ganham prémio da Comissão Europeia

22 mai, 2016 - 11:15 • Manuela Pires

Quatro jovens estudantes do Instituto Superior Técnico conceberam um dispositivo para detectar, na hora, a bactéria causadora da infecção urinária.
A+ / A-

Quatro estudantes do Instituto Superior Técnico (IST) ganharam um prémio da Comissão Europeia, no valor de cinco mil euros, pela criação de um dispositivo, o ID Flow, para detectar, na hora, a bactéria causadora da infecção urinária.

A ideia surgiu de um problema que afecta uma das autoras do projecto e afecta muita gente. Só no ano passado, foram registadas 37 milhões de pessoas com infecções urinárias na Europa.

Lígia e a Aura estudam microbiologia. Rafael e Nuno estão no primeiro ano de mestrado de bioengenharia de nano sistemas. Foi Lígia quem teve a ideia. Tem 23 anos, está no primeiro ano de mestrado de Microbiologia e conta: "Sofro imenso com as infecções urinárias e pensei o que é que podia fazer para detectar a bactéria rapidamente. E, então, depois de muito trabalho, descobrimos este dispositivo."

O procedimento "é muito simples". "O paciente urina para o copo que tem incorporado o dispositivo, que vai dar uma cor e essa cor indica qual a bactéria, qual o grau de resistência e o perfil de resistência a antibióticos", descreve.

"O médico fica com mais informação para fazer uma terapêutica muito mais segura”, reforça.

O projecto ainda está no papel, mas estes estudantes já conseguiram vencer um prémio da Comissão Europeia para projectos nascentes, no âmbito da bolsa do empreendedorismo. Os quatro já receberam formação para aprenderem a desenvolver a ideia, através de um plano de negócios.

A prioridade é registar a patente e, depois, construir o dispositivo, tentando encontrar uma empresa que comercialize o dispositivo em hospitais e clínicas.

Lígia Coelho, que nunca tinha pensado em criar uma empresa, já mudou de ideias. “Nós somos treinados para fazer investigação, somos cientistas, mas, agora, é este o caminho que quero seguir - criar a minha própria empresa”.

A bolsa de empreendedorismo é uma iniciativa da Comissão Europeia, que decorreu em Lisboa, no Dia da Europa.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Julio coelho
    23 mai, 2016 Marrocos 10:43
    Força minha filha ė precisamente esse o caminho, nao desarmes. .Fazes jà parte do presente e futuro da ciencia.
  • h'ocanhão
    22 mai, 2016 Vila Real 18:01
    A necessidade, cria o engenho. Parabens.