A+ / A-

Taxistas-Governo. Princípio de acordo para “criação do grupo de trabalho"

29 abr, 2016 - 20:24

Depois de um dia de protesto contra a Uber, os taxistas reuniram-se com o Executivo. Nova reunião foi marcada para a próxima semana.

A+ / A-

O Governo e os representantes dos taxistas voltam a reunir-se na próxima sexta-feira para "consolidar a criação do grupo de trabalho" que vai apresentar propostas de melhoria da mobilidade nas cidades, disse o secretário de Estado do Ambiente.

José Mendes falava após uma reunião no Ministério do Ambiente com os representantes do sector do táxi, que esteve esta sexta-feira em protesto - com marchas lentas em Lisboa, Porto e Faro -- contra a plataforma de transporte Uber.

O governante referiu que o encontro decorreu "de forma serena".

Questionado sobre o funcionamento ilegal que os taxistas atribuem à Uber, o secretário de Estado Adjunto e do Ambiente disse que continua a haver fiscalização nos transportes e que sempre que são detectados casos de transporte ilegal são levantados autos de contra-ordenação.

O ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, tinha já referido que o grupo de trabalho será constituído por representantes do sector, dos gestores das cidades e da mobilidade.

O grupo de trabalho, que dependerá do ministério do Ambiente, deverá começar a trabalhar em Junho e apresentar conclusões até ao final do ano, esclareceu o ministro, em declarações à Lusa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Luís M.
    30 abr, 2016 Vila Real 09:34
    Esta imagem diz muito do que são os táxis em Portugal. Carros velhos, muitos deles importados da Alemanha, não é por acaso que a cor beije passou a ser permitida, é importar um táxi da Alemanha e nem pintar de novo é preciso.
  • Carlos Fonseca
    30 abr, 2016 Rio 02:38
    Quanto mais manifestações dos taxistas mais o UBER ganha adeptos . É uma nova realidade . Tenho 67 anos e me adaptei . Sou um entusiasta do novo serviço.