O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

A corrupção vista (e ilustrada) por jovens portugueses

27 abr, 2016 - 20:00

O concurso "Imagens Contra a Corrupção" escolhe os melhores vídeos e imagens de campanha contra a corrupção feitos por alunos de todo o país.
A+ / A-
Veja o essencial dos vídeos vencedores

"Tal como a selva (urbana) é impiedosa, assim é a luta contra a corrupção: desigual", declaram os alunos do Externato Infante D. Henrique, em Braga, que dão uma solução para o problema: "educar para os valores". Já os jovens da Escola Secundária de Caldas das Taipas, em Guimarães, deixam um apelo: "Sê cidadão e bate o pé à corrupção".

De norte a sul do país, cerca de 50 escolas participaram na quarta edição do concurso "Imagens Contra a Corrupção", promovido pelo Conselho de Prevenção da Corrupção, uma entidade administrativa que funciona junto do Tribunal de Contas.

O objectivo do concurso, diz Edite Coelho, do Tribunal de Contas, é "estimular o debate sobre os temas da prevenção da corrupção, ética e cidadania e promover um consciência ética a partir de pequenos exemplos do dia-a-dia".

"Mais valores, menos corrupção", pelos alunos do 4º ano da Escola Básica Casal do Cotão, Sintra

O desafio foi aceite pelos alunos com "um entusiasmo extraordinário, que se reflectiu na qualidade dos trabalhos concorrentes e na própria cerimónia de entrega dos prémios", explicou à Renascença a assessora do gabinete de imprensa do Tribunal de Contas.

"É um tema que sentimos que envolve alunos e professores e toda a comunidade escolar", afirmou, lembrando que um dos trabalhos contou com a participação de cerca de 130 alunos, cinco professores e um funcionário.

Os trabalhos vencedores são de Reguengos de Monsaraz, Viseu, Guimarães, Braga e Sintra. Além de vídeos, o concurso incluiu ainda uma categoria de "artes plásticas", destinada aos alunos de 4º ano do primeiro ciclo do ensino básico.

"Não à Corrupção", pelos alunos do 4º ano do Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Paiva

Os prémios incluíram, para os mais velhos, um fim-de-semana numa unidade hoteleira do INATEL com atividades de grupo, uma actividade no VISIONARIUM para o 2º e 3º ciclo e, para as crianças do 1º ciclo, uma visita à Caravela Vera Cruz - uma réplica das antigas caravelas usadas pelos portugueses na Era dos Descobrimentos.

Mas mais importante do que os prémios foi a reflexão sobre o tema feita nas escolas, durante a preparação dos trabalhos. O Conselho de Prevenção da Corrupção desenvolveu materiais com propostas de exercícios e pistas de trabalho, um glossário sobre o tema e um caderno de apoio aos professores. Uma acção que promoveu "um amplo debate de sensibilização e reflexão sobre o exercício da cidadania" junto dos alunos das escolas.

A cerimónia de entrega dos prémios ocorreu esta quarta-feira à tarde, na sede do Tribunal de Contas.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • jamily costa
    11 mai, 2016 portugal 19:30
    estou muito feliz pq o meu trabalho apareceu e as pessoas pode ver
  • Luis
    28 abr, 2016 Lisboa 13:25
    Corrupção em Portugal? Ainda há bem pouco tempo um grande responsável do MP dizia que não havia politicos corruptos em Portugal. Espero que os actuais responsáveis pelo MP tenham outra visão e que sejam consequentes.
  • mia lu
    28 abr, 2016 porto 13:21
    aplaudo de pé, estão de parabéns estes jovens a que desde já agradeço .... não desistam, porque quem desiste é fraco...