A+ / A-

D. Manuel Clemente reforça que o Ressuscitado é “fonte da esperança"

27 mar, 2016 - 00:16

Cardeal Patriarca presidiu à vigília pascal deste sábado em Lisboa.
A+ / A-

O Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, diz que a esperança que representa a ressurreição deve chegar a todos os locais onde se sofre.

Na homilia da vigília pascal, em Lisboa, D. Manuel Clemente lembra os recentes atentados de Bruxelas, a crise dos refugiados ou a guerra na Síria e até mesmo o grave acidente que vitimou portugueses em França.

“Nesta Páscoa em que estamos estão tantos irmãos nossos por esse mundo além e nos mais variados lugares e circunstâncias. Com todos está o ressuscitado, como está connosco aqui. Nesta Sé de Lisboa, como na de Bruxelas – de tragédias recentes, na martirizada síria – onde minorias cristãs arduamente perduram celebrando a Páscoa nalgum resto de templo, nalgum local de improviso. Em lugares seguros e razoavelmente garantidos ou às portas da Europa, fugindo do passado e não encontrando futuro, em famílias que estão bem, reunidas em paz, e em famílias que estão de luto porque um desastre matou quem vinha de longe ou uma doença vitimou alguém de casa”, disse.

O Cardeal reforçou que, “por eles e por outros, estamos nós em vigília encontrando no Ressuscitado a fonte da esperança”.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.