A+ / A-

Papa dá sacos-cama aos sem-abrigo de Roma

26 mar, 2016 - 12:31

Francisco deu uma prenda aos que vivem na rua, ao mesmo tempo que criticou com ferocidade os fundamentalismos e a Europa que olha para os refugiados de forma anestesiada.
A+ / A-

O Papa Francisco não esqueceu os sem-abrigo durante as comemorações da Páscoa. Aos que vivem na rua reservou-lhes uma prenda para os proteger do frio, mais precisamente sacos-cama.

Na noite de sexta-feira Santa, enquanto decorria a Via Sacra no Coliseu, o responsável do Vaticano pelo acompanhamento dos sem-abrigo acompanhado por vários voluntários andou pelas ruas de Roma e distribuiu sacos-cama pelas pessoas que dormiam na rua.

Segundo relata a Santa Sé, este é um "pequeno presente" do Papa. A recriação da Via Sacra na cidade de Roma teve 100 paragens e terminou depois da meia-noite.

Na oração durante esta cerimónia, o Papa criticou a consciência insensível e anestesiada da Europa perante o drama dos refugiados. Francisco voltou a apelar aos países da União Europeia para que acolham com dignidade os milhares de refugiados que pedem asilo na Europa.

O Santo Padre condenou ainda o terrorismo e o fundamentalismo que forçam milhares de homens, mulheres e crianças a fugir de suas casas.

As "cruzes" da sociedade actual, segundo o Papa
As "cruzes" da sociedade actual, segundo o Papa

legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.