A+ / A-

Bruxelas. Papa condena atentados "cruéis e abomináveis"

23 mar, 2016 - 10:33

Apelo à união lançado na audiência geral desta quarta-feira.
A+ / A-
Bruxelas. Papa condena atentados "cruéis e abomináveis"
Bruxelas. Papa condena atentados "cruéis e abomináveis"

Veja também:


O Papa Francisco condenou os atentados terroristas de terça-feira na capital da Bélgica e defendeu a necessidade de uma “condenação unânime” destes actos de “horror”.

"Dirijo um novo apelo a todas as pessoas de boa vontade para se unirem na condenação unânime, destes actos cruéis e abomináveis que só causam morte, terror e horror.”, disse, perante milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro para a audiência pública semanal.

“Peço a todos que perseverem na oração, pedindo ao Senhor nesta Semana Santa que conforte os corações aflitos e que converta o coração destas pessoas cegas pelo fundamentalismo cruel”, acrescentou o Papa Francisco.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.