System.NullReferenceException: Object reference not set to an instance of an object. at masterpage_MasterPage.Page_Load(Object sender, EventArgs e) Renascença - A par com o mundo.
A+ / A-

Explosões em Bruxelas fazem 34 mortos. Polícia belga faz buscas domiciliárias

22 mar, 2016 - 12:02

Três explosões na capital, no aeroporto e no metro, fizeram 34 mortos.
A+ / A-
Ataques em Bruxelas vistos das redes sociais
Ataques em Bruxelas vistos das redes sociais

Veja também:


Os atentados terroristas em Bruxelas fizeram 34 mortos, avança a BBC.

A polícia belga está a realizar uma série de buscas domiciliárias na zona à volta de Bruxelas após as explosões no aeroporto e no metro da capital. A informação é avançada pela emissora pública RTBF.

Já a emissora privada VTM revela que a polícia descobriu um cinto explosivo no aeroporto internacional de Bruxelas, onde ocorreram as duas explosões, e uma metralhadora Kalashnikov junto ao corpo do atacante, que foi abatido pelas forças de segurança.

O nível de alerta terrorista foi elevado para quatro, o máximo da escala, na sequência das explosões desta manhã, no aeroporto e no metro. “Fiquem onde estão”, apela o centro de crise da Bélgica a todos os cidadãos.

As autoridades belgas vão enviar 225 militares para reforçar a segurança na cidade e o sistema de transportes está parado.

Antes da BBC avançar 34 mortos, um número também noticiado pela televisão belga VRT, a ministra da Saúde belga fez um balanço que apontava para 15 mortos e 55 feridos na estação de metro de Maelbeek, junto a instituições europeias, e 11 mortos e 81 feridos no aeroporto.

Estes ataques ocorrem quatro dias depois da detenção, em Bruxelas, do principal suspeito dos ataques de Novembro em Paris: Salah Abdeslam, de 26 anos.

Desde então, a polícia belga tem estado mais alerta para eventuais represálias.

Mogherini na Jordânia. Europa sente hoje "a mesma dor que esta região conhece todos os dias"
Mogherini na Jordânia. Europa sente hoje "a mesma dor que esta região conhece todos os dias"

legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Paulo
    22 mar, 2016 Lisboa 16:22
    Tenho pena pelos Belgas estão a apanhar por uma coisa que não foram eles directamente que criaram, a parte do mundo tecnologicamente mais evoluído tem que saber deixar de viver sem ganância e sem medos.
  • antonio
    22 mar, 2016 lisboa 13:06
    A Europa tem de atuar sem medos. Deixar os "paninhos quentes " de lado a agir com determinação. Suspender os direitos humanos e prender todos os cobardes . Veja-se o assassino que atacou a França que conjuntamente com o seu advogado , não quer ir para França. Assim com a desculpa da solidariedade e irmandade a Europa vai deixar de existir
  • joão
    22 mar, 2016 Sintra 13:06
    O D. Afonso Henriques correu com esta gente,mas não foi suficiente......
  • ghdy
    22 mar, 2016 Guimaraes 13:03
    Incompetência total das autoridades. Vergonha.
  • john cobra
    22 mar, 2016 brasil 12:39
    Caros hipócritas, ainda não entenderam que este terrorismo é um lobby? E que "todos" que o criticam fazem parte desse lobby? Então não n]ão se queixem!!! Devem-se queixar é contra os vossos governos e exigir que actuem na segurança do povo que os elegeu. Claro que esses governos não têm interesse: a Turquia compra barris de petróleo ao daesh a 15 dolares e depois vende-os à europa a 20 dólares (o mercado está nos 35!!). Os árabes do Qatar, Dubai, Emirados, etc, compram armamento aos americanos e aos russos e vendem aos seus amigos vizinhos! (...e o burro sou eu???) portanto caros hipócritas, não se revoltem contra o daesh (não quero eu dizer que estou do seu lado, pelo contrário, têm que ser aniquilados...solução final...) mas sim exijam dos vossos governos que exterminem os assassinos, tanto mais que sabem onde eles estão, sabem onde são as bases principais, sabem onde são os campos petrolíferos, sabem onde fabricam bombas, etc,etc.....então se sabem isto tudo porque razão não resolvem a situação pondo de lado interesses económicos mas elevando os interesses do povo e da vida humana?