A+ / A-

Patriarca espera que Marcelo traga novidades sobre visita do Papa a Portugal

15 mar, 2016 - 19:47

O Presidente da República realiza, quinta-feira, a sua primeira visita oficial desde que tomou posse na semana passada. O Vaticano é o destino desta primeira deslocação.
A+ / A-

O cardeal patriarca de Lisboa espera que o Presidente da República traga do Vaticano novidades sobre a possível visita do Papa Francisco a Portugal.

Em declarações à Renascença, D. Manuel Clemente manifestou o desejo de que o Papa permaneça em Portugal o maior número de dias possível, na visita prevista para o centenário das Aparições de Fátima, no próximo ano.

“Eu até espero que venham de lá já mais pormenores acerca dessa vinda do Papa, se vem só para o dia 13 [de Maio] ou, se como todos desejamos, vem um bocadinho antes ou fica um bocadinho depois”, afirmou o patriarca.

“Oxalá que esta visita do Presidente Marcelo Rebelo de Sousa também ajude a esclarecer e que o Papa nos diga alguma coisa”, sublinhou.

O Presidente da República realiza, esta quarta-feira, a sua primeira visita oficial desde que tomou posse na semana passada. O Vaticano é o destino desta primeira deslocação.

D. Manuel Clemente acredita que o Papa Francisco e Marcelo Rebelo de Sousa vão conversar sobre o papel de Portugal na Europa e no mundo, da lusofonia e também do centenário das Aparições de Fátima e da globalização da devoção Mariana.

Depois de ser recebido pelo Papa no Vaticano, esta quarta-feira, o Presidente da República segue de imediato para Madrid, para um encontro com o Rei Filipe VI de Espanha.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.