A+ / A-

Ryanair vai ligar Porto a Milão por 26,99 euros

03 mar, 2016 - 13:14 • Henrique Cunha

Rui Moreira mostra-se satisfeito com a decisão da companhia irlandesa e insiste que esta não é uma questão "Norte-Sul", mas sim de interesse nacional.
A+ / A-

Serão quatro voos por semana a partir de Setembro. A Ryanair vai fazer a ligação ao aeroporto de Malpensa, em Milão, uma das rotas que a TAP abandona a 27 Março. Os bilhetes vão custar 26,99 euros, cerca de 10% do preço praticado pela TAP.

A informação foi prestada esta quinta-feira numa conferência de imprensa do presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, e o director de rotas da Ryanair, Niall O’Connor.

Rui Moreira mostrou-se muito satisfeito com a decisão da Ryanair e diz que a ligação a Malpensa é fundamental para os sectores exportadores da região, sobretudo o calçado e o têxtil.

“O mercado há-de resolver o défice que temos temporariamente”, diz o autarca, “e começar em Setembro é excelente, porque é precisamente a altura em que a nossa indústria começa a tratar das vendas para 2017 e tenho a certeza que isto vai ter um enorme impacto para aquilo que é o trabalho de muitas indústrias, e muitas pessoas que trabalham aqui à volta do Porto e que precisam disso".

“Não se trata apenas de turismo”, esclarece Rui Moreira. "Claro que temos muito interesse no turismo, mas o caso de Milão era essencial para nós do ponto de vista industrial e para a atractividade da nossa cidade."

O autarca aproveitou para mais uma vez garantir que a Câmara do Porto não subsidia, nem nunca subsidiou, companhias aéreas: “A Câmara do Porto, nem no meu tempo, nem no tempo de Rui Rio, nunca subsidiou a Ryanair nem qualquer outra companhia aérea. Nem o pode fazer, não é permitido pelas leis da concorrência europeia.”

Rui Moreira criticou os comentadores que, “alguns porque não sabem, outros a soldo de outros interesses”, sugeriram terem existido esses apoios. “Diz-se que uma mentira contada mil vezes se torna verdade."

Rui Moreira rejeitou por outro lado a ideia de que está a tentar criar uma "guerra Norte-Sul". Diz que é estratégico para o país manter o aeroporto do Porto como elo fundamental das exportações e do turismo: “Acho que se alguém está aqui a tentar criar uma guerra Sul-Norte, Norte-Sul, são esses comentadores, porque não é essa a questão”.

“Basta olhar para as exportações do Norte e do Centro. Não podemos andar permanentemente a dizer que o Norte é gente fantástica porque exporta muito e depois, quando se chega às decisões estratégicas e às necessidades do país, dizer que não interessa porque hão-de conseguir chegar aos mercados por outra via qualquer. Este é um tema de interesse nacional”, insiste.

[Notícia actualizada às 14h54]


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • fernando silva
    30 jun, 2016 coimbra 11:22
    Muito bem....aplaudo.
  • José Filipe
    03 mar, 2016 Alcanena 16:27
    Muito bem Dr Rui Moreira! Isto é que é um autarca! A contribuir para a resolução dos problemas com tempo!! Não é como um de Lisboa, que disse que as cheias não tinham solução!
  • Carlos Silva
    03 mar, 2016 Amora - Seixal 15:50
    Agora, o Rui Moreira para vir a Lisboa, passa a fazer escala em Milão!