A+ / A-

​Évora recebe herança de João Cutileiro

01 mar, 2016 - 02:30 • Rosário Silva

Casa/atelier vai nascer na cidade que o escultor escolheu para viver e trabalhar. É um “gesto de grande generosidade e um exemplo”, realça o ministro da Cultura.
A+ / A-

João Cutileiro não quis melindrar o ministro da Cultura, mas aos jornalistas foi honesto quando lhe foi perguntado porque estava a ter este gesto de doar o seu espólio à cidade de Évora.

“Para poupar os meus filhos de ficarem com isto, palavra de honra”, assegura o escultor, ao mesmo tempo que recorda um episódio da sua vida que o marcou.

“Fui amigo de José Almada Negreiros (filho) e o desgraçado nunca se levantou da morte do pai e isso é um horror. Ele recebeu um espólio e eu não quero que os meus filhos recebam o meu espólio senão não fazem mais nada com ele, mas não queria dizer isto em frente ao Dr. João Soares”, confessa, a rir, João Cutileiro.

A casa que, nas suas palavras “está caótica e não tem espaço para o que lá tem dentro” foi agora alvo de uma carta de compromisso que prevê a entrega ao Estado de parte disponível do seu património pessoal. Ou seja, refere o documento, “a casa onde vive e trabalha, em Évora, e o respectivo recheio que compreende um conjunto de obras de escultura, desenho e fotografia, a sua biblioteca, documentação variada e os seus instrumentos de trabalho”.

Provisoriamente denominada Casa/Atelier João Cutileiro, vai nascer com a união de esforços entre a Direcção Regional de Cultura do Alentejo, a Universidade de Évora e a Câmara de Évora, entidades a quem o escultor manifestou esta vontade.

João Cutileiro pretende que o “espaço seja utilizado para fins culturais/académicos relacionados com a sua produção artística, nomeadamente para o estudo e formação na área da escultura em pedra, onde se incluem actividades relacionadas com a realização de exposições, residências artísticas, visita e fruição pública”.

A doação envolve um imóvel, onde se prevê instalar um conjunto de valências que vão permitir “dar viabilidade a um projecto cultural, estratégico e sustentável”, refere a carta de compromisso.

À cerimónia associou-se o ministro da Cultura, que considerou ser este o momento “mais importante que já levo neste três meses” é ministro. João Soares, amigo do escultor, considerou esta atitude do artista como “um gesto de grande generosidade, de desapego material e um exemplo a ser seguido”.

O escultor que escolheu o Alentejo para viver

Nasceu há 78 anos, em Lisboa, mas vive e trabalha em Évora, onde está exposta uma parte da sua obra, desde 1985.

João Cutileiro, autor do Memorial às Vítimas da Praia do Meco, em Sesimbra e da estátua de D. Sebastião, em Lagos, no Algarve, entre outras peças escultóricas públicas, é doutor Honoris Causa, pela Universidade de Évora.

Iniciou-se nas artes em ateliês de diversos mestres e, depois de uma breve passagem pela Escola de Belas Artes de Lisboa, rumou, por indicação de Paula Rego, à Slade School of Art, em Londres, onde se diplomou.

No início da década de 1960, Cutileiro regressou a Portugal, renovou a estética da estatuária em Portugal, com projectos marcados pelo experimentalismo. O "intimismo", o "erotismo" e o "amor" são temas recorrentes da sua obra escultórica.

Além de Portugal, as peças do escultor estão incluídas em várias colecções no estrangeiro.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Eugénio Santos Silva
    07 mar, 2016 Lisboa 19:44
    A magnífica pedra de Estremoz torna-se macia nas mãos deste GRANDE MESTRE...!! Um abraço ao ARTISTA...!!