A+ / A-

“29 Anos de Saudade” lembram Zeca Afonso em Coimbra

16 fev, 2016 - 12:51

Os bilhetes para o concerto, que se realiza às 21h30 de sábado, custam 15 euros.
A+ / A-

Coimbra recebe um espectáculo de homenagem a Zeca Afonso, falecido em 1987. Diversos músicos participam no sábado à noite (dia 20), no Conservatório de Música, no concerto “29 Anos de Saudade”.

Promovido por Mário Mata e “Os Amigos do Zeca”, o concerto, que também conta com a participação de João Afonso, Rui Pato, Grupo Vocal Ad Libidum, Fernando Meireles, Magda Lopes e Manuel Rocha, visa homenagear o autor de “Grândola, Vila Morena”.

Do grupo fazem parte Mário Mata (voz e guitarra), Paulo Bernardino (piano, sintetizador e acordeão), Hugo Nunes (baixo), João Domingues (guitarras), Alexandre Reis (bateria), Jorge Duarte (vozes e percussões), Mafalda Duarte (voz e flauta) e Rui Seoane, que "dá voz às baladas e aos fados de Coimbra".

"A obra de José Afonso continua a suscitar grande interesse" por parte de músicos e intérpretes e por parte do público, disse à agência Lusa Manuel Rocha, referindo que o espectáculo de homenagem ao compositor, poeta e intérprete se realiza há quatro anos no Conservatório de Música de Coimbra, "sempre com muito público".

"As pessoas continuam a procurar a música de Zeca Afonso em todos os contextos", sustenta o violinista da Brigada Victor Jara e director do Conservatório de Música de Coimbra.

Inovador, "grande poeta" e com "uma capacidade melódica extraordinária", José Afonso alia as heranças rural e urbana e a composição moderna, "é o ambiente musical que define o país", sintetiza Manuel Rocha.

José Afonso, também conhecido por Zeca, nasceu em Aveiro, em 2 de Agosto de 1929, e morreu em Setúbal, em 23 de Fevereiro de 1987.

Começou a sua carreira a interpretar fados de Coimbra, nos anos 50 do século XX, tendo revolucionado a música tradicional, designadamente a canção ligada aos universitários desta cidade.

Para a realização do espectáculo, “Os Amigos do Zeca” - grupo que foi constituído em 2009, em Penela - contam com o apoio da Câmara Municipal desta vila do distrito de Coimbra, da Antena 1 e o Diário de Coimbra.

Os bilhetes para o concerto, que se realiza às 21h30 de sábado, custam 15 euros e podem ser adquiridos no TicketLine ou, no dia do espectáculo, no Conservatório.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • rosinda
    16 fev, 2016 palmela 19:52
    zeca afonso morreu em setubal e foi sepultado em setuba! Estive no seu velorio. zeca e uma figura incontornavel da musica portuguesa.