A+ / A-

Santa Sé confirma reposição dos feriados religiosos em Portugal

15 fev, 2016 - 20:20

A decisão já tinha sido tomada, mas só agora chegou a confirmação oficial, comunicada esta segunda-feira, em Fátima, pelo porta-voz da Conferência Episcopal.
A+ / A-

Está confirmado: os feriados do Corpo de Deus e de Todos os Santos estão oficialmente repostos.

O Governo já tinha anunciado a reposição dos feriados religiosos, suspensos em 2012, faltando apenas a formalidade da resposta às notas verbais que o Ministério dos Negócios Estrangeiros enviou à Santa Sé, em meados de Janeiro.

Esta segunda-feira, em Fátima no âmbito da reunião do conselho permanente da Conferência Episcopal Portuguiesa (CEP), o porta-voz dos bispos, padre Manuel Barbosa, leu um excerto da carta que o Vaticano enviou ao presidente da CEP. através da Nunciatura Apostólica, dando conta da confirmação

“Na sequência da decisão da Assembleia da República e da troca de notas desta nunciatura apostólica com o ministério dos Negócios Estrangeiros, tenho o prazer de comunicar a vossa eminência que ao abrigo do artigo 30º da Concordata entre a Santa Sé e a República Portuguesa, as referidas solenidades de Corpo de Deus e Todos os Santos são novamente reconhecidas pelo Estado Português como dias festivos católicos com carácter de feriados nacionais”, lê-se

O Corpo de Deus é um feriado móvel que este ano se assinala a 26 de Maio e o dia de Todos os Santos é celebrado a 1 de Novembro. Para além destes dois feriados, foram ainda restaurados os feriados civis do 5 de Outubro e o de 1 de Dezembro.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • FK
    16 fev, 2016 Dinamarca 07:10
    Pois é; e depois criticam os Estados muçulmanos por serem regidos pela religião. A religião é uma crença (não baseadda por factos) que é uma escolha de cada um e que não pode ser imposta a todos.
  • 15 fev, 2016 21:43
    Nunca deviam ter sido retirados. O do Corpo de Deus é um dos mais importantes para os cristãos.