|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Aeroporto de Lisboa passará a Aeroporto Humberto Delgado em Maio

11 fev, 2016 - 13:10

Anúncio feito pelo ministro dos Transportes, Pedro Marques. Humberto Delgado, popularmente conhecido como "General Sem Medo", foi assassinado a 13 de Fevereiro de 1965.

A+ / A-

O Aeroporto de Lisboa vai passar a ser designado "Aeroporto Humberto Delgado", a partir de 15 de Maio. O anúncio foi feito pelo ministro dos Transportes.

"O Governo decidiu, a dois dias da passagem de mais um ano sobre o assassinato de Humberto Delgado, atribuir a designação de Aeroporto Humberto Delgado ao Aeroporto de Lisboa", afirmou o ministro, na conferência de imprensa depois da reunião do Conselho de Ministros.

"Humberto Delgado foi uma figura maior da oposição ao regime da ditadura, em particular em 1958, aquando da sua candidatura presidencial. Uniu e liderou a oposição nessa fase. Foi depois fraudulentamente derrotado nessas eleições. Posteriormente exilou-se e veio a ser assassinado pela PIDE, alguns anos depois", lembrou Pedro Marques.

Há um ano, em Fevereiro de 2015, a Câmara de Lisboa aprovou por unanimidade uma moção para atribuir o nome de Humberto Delgado, fundador da TAP, ao aeroporto da Portela.

O documento, subscrito pelo então presidente António Costa, sustentava que Delgado foi "uma figura notável do país político do século XX", assim como "um vulto maior da aviação comercial portuguesa". A moção teve o voto favorável de todos os vereadores.

Humberto Delgado, popularmente conhecido como "General Sem Medo", foi assassinado a 13 de Fevereiro de 1965, em Badajoz. Ficou também famosa a frase proferido por Humberto Delgado, a 10 de Maio de 1958, quando, numa conferência de imprensa da campanha eleitoral das presidenciais. Questionado sobre que posição tomaria em relação ao Presidente do Conselho Oliveira Salazar, respondeu "Obviamente, demito-o!".

Delgado "foi pioneiro na organização da aeronáutica civil”

No dia em que se ficou a saber que o Aeroporto de Lisboa vai ser baptizado com o nome de Humberto Delgado, o comandante Vieira da Silva, ex-presidente da Associação dos Pilotos Portugueses de Linha Aérea (APPLA), lembra à Renascença o papel fundamental do antigo opositor a Salazar na formação da TAP.

“Humberto Delgado foi um dos primeiros directores do que na altura se chamava a Direcção Nacional da Aeronáutica Civil e foi ele que praticamente iniciou a formação da TAP. Foi pioneiro na organização da aeronáutica civil”, recorda o comandante Vieira da Silva.

O ex-presidente da APPLA não concorda, contudo, com o facto de Humberto Delgado passar a dar o seu nome ao Aeroporto da Portela. “Acho que não se deve dar o nome de políticos a monumentos importantes em Portugal, porque já alguém dizia, que mais tarde ou mais cedo vão ter que mudar o nome”, considera.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • nc
    12 fev, 2016 lx 10:26
    Não têm mais nada para fazer?
  • 12 fev, 2016 10:24
    Este Sr devia mais é preocupar-se com coisas mais importantes e nao com a mudanca de nome do Aeroporto .Isto quer dizer que não tem mais nada a fazer e inventou essa maneira para se ezibir É lamentavel e
  • Ana
    12 fev, 2016 Coimbra 08:16
    Isso é muito bom para o desenvolvimento da cidade. Mais um novo aeroporto construído pela equipa ministerial de António Costa e em tempo recorde, sem derrapagens e sem agravar os bolsos dos contribuintes. Quase que batia o recorde de construção da ponte sobre o Tejo, feita nos saudosos tempos do PREC. revela o grande dinamismo da equipa socialista que mesmo a braços com as injustificadas exigências da CE arranja tempo e força para construção desta grande obra.
  • José Silva
    11 fev, 2016 21:50
    A vida tem destas coisas não deixa de ser estranho o General Humberto Delgado ser homenageado por uma comissão administrativa GOLPISTA...
  • HB
    11 fev, 2016 Alpiarça 20:09
    É o fruto da ganância em todo o custo ser governante, são as promessas às ligações que resulta nisto e outras que virão! Enfim.......
  • Jorge Rafael
    11 fev, 2016 Santarém 19:28
    É o que acontece quando a ganância de subir ao poder a todo o custo, as promessas das ligações de partidos, enfim, Republica da banana.
  • o baldas
    11 fev, 2016 19:15
    Agora por fim foi feita justica a um homem que morreu pela patria e por causas agora so faltam os nomes dos facinoras...
  • Manuel Pereira
    11 fev, 2016 Viana Castelo 18:20
    O que é que o Aeroporto da Portela tem a ver cpm o General Humberto Delgado ???? Se dessem o nome dele ao aeroporto Militar....de acordo. Enfim este Governo lá vem tirar um nome e por um novo.tal como está fazer na politica !!!
  • Jorge S.
    11 fev, 2016 Bicesse 18:15
    E porque não Almirante Gago Coutinho? Não seria mais indicado, por ser quem mais fez pela Aviação em Portugal, tanto civil como militar? Além do mais, a Avenida que liga Lisboa ao Aeroporto já tem o seu nome, daí o facto de um ser a extensão do outro (ou outra).
  • fanã
    11 fev, 2016 aveiro 18:11
    Francisco Sá Carneiro no Porto, porque não Humberto delgado em Lisboa???????...........é uma justa homenagem !