|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Óbitos

A+ / A-

Quem são os principais candidatos às primárias dos EUA?

01 fev, 2016 - 15:27 • Hugo Monteiro . Fotos: EPA

Clinton, Sanders e O'Mailley, entre os democratas. Trump, Bush, Cruz e Rubio entre os republicanos. Saiba quem são.

A+ / A-

Há vários candidatos de um lado e do outro, mas, como em todas as "corridas", nas primárias dos Estados Unidos os candidatos não são todos iguais. Há os favoritos e há os outros.

Hillary Clinton, por exemplo, é apontada como tal na corrida final, quando tiver somente um opositor do outro partido. Para já, ter-se-á que bater no seio do seu partido, onde surgem mais dois candidatos com aspirações.

Do lado republicano, Donald Trump vai liderando as sondagens, mas muitos vaticinam que o polémico candidato descerá na contagem dos votos dos republicanos. Três nomes fazem-lhe frente.


PARTIDO DEMOCRATA

Hillary Clinton

Hillary Diane Rodham Clinton nasceu a 26 de Outubro de 1947 em Chicago, no Estado do Illinois. Na campanha para as primárias no Partido Democrata, Clinton tem defendido um aumento de impostos sobre os mais ricos e prometido prosseguir a reforma de Barack Obama no sistema de saúde ("Obamacare”).

Hillary defende uma coligação mundial contra o Estado Islâmico, mas, no plano interno, considera que "armar" os cidadãos dos EUA "não é a resposta apropriada contra o terrorismo". Ou seja, "ter mais armas" não tornará o país mais seguro.

Quanto aos refugiados, a candidata já defendeu a abertura dos Estados Unidos aos migrantes sírios, mas reconheceu ser necessário “vetar” ou fechar a porta a alguns, por razões de segurança.

Licenciada em Direito, em Yale, foi aí que conheceu o marido, Bill, que esteve na Presidência dos Estados Unidos entre 1993 e 2001.

No seu percurso, Hillary Clinton foi senadora, tendo representado o Estado de Nova Iorque no Senado, entre 2001 e 2009. Mais tarde, entre 2009 e 2013, foi secretária de Estado norte-americana durante a primeira administração de Barack Obama.

Nas eleições primárias de 2008, foi uma das principais candidatas no Partido Democrata para as eleições presidenciais, acabando por perder para Obama.

Bernie Sanders

Bernard Sanders, ou "Bernie" Sanders, nasceu a 8 de Setembro de 1941, em Brooklyn, Nova Iorque.

Defende que a posse de armas faz parte de um "estilo de vida que não deve ser condenado". Quanto ao combate ao Estado Islâmico, recusa o envio de tropas para a Síria e para o Iraque. Quer taxar as maiores fortunas.

Na área da saúde, Sanders considera que o "Obamacare" foi um pequeno avanço, mas defende um sistema de saúde público gratuito para todos, tal como o ensino superior.

No plano ambiental, o senador do Vermont quer taxar as emissões de carbono, cortar subsídios aos combustíveis fósseis e investir em tecnologias para uma energia limpa.

Antes de ser eleito para o Senado, Bernie representou, durante 16 anos, o estado do Vermont na Câmara dos Representantes. Também foi presidente da Câmara de Burlington, a maior cidade daquele Estado.

Bernie Sanders descreve-se a si próprio como um social-democrata, tal como a social-democracia é entendida nos países escandinavos.

Martin O’Malley

Martin Joseph O’Malley nasceu a 18 de Janeiro de 1963, em Washington.

Situando-se à esquerda de Hillary Clinton, na apresentação da sua candidatura manifestou-se contra a desigualdades entre norte-americanos e a perda de rendimentos. Quer aumentar o salário mínimo e uma reforma da imigração que permita a legalização de muitos imigrantes.

Defende uma maior controlo da venda de armas e que cabe ao Congresso definir os parâmetros que possibilitem, ou não, o envio de tropas para a Síria e para o Iraque. Quer prosseguir as negociações com o Irão e trabalhar com Israel na definição de uma solução de dois Estados para a Palestina.

É governador do Estado do Maryland. Antes foi presidente da Câmara de Baltimore. Membro do Partido Democrata, presidiu à associação que reúne os governadores democratas entre 2011 e 2013.


PARTIDO REPUBLICANO

Donald Trump

Donald John Trump Sr. nasceu a 14 de Junho de 1946, em Nova Iorque.

Defende o aumento de impostos para os mais ricos

Tem sido um dos maiores críticos da reforma do sistema de saúde de Obama, o "Obamacare". Defende que esta reforma deve ser anulada e substituída por um sistema em que caiba ao Governo pagar os gastos com a saúde dos norte-americanos.

Quanto ao comércio e posse de armas, Trump tem defendido que as restrições devem ser limitadas, até porque as armas podem ser importantes no combate ao crime.

O mais excêntrico dos candidatos com aspirações a serem Presidentes afirma que não há espaço nos Estados Unidos para imigrantes ilegais, apesar de ser favorável ao acolhimento de mais imigrantes europeus. Nos últimos meses, chegou a pedir que fosse proibida a entrada no país de todos os muçulmanos.

No plano internacional, Donald Trump sustenta que os Estados Unidos devem abandonar as negociações com o Irão sobre o nuclear e agravar as sanções. Já no que diz respeito ao combate ao Estado Islâmico, o magnata é favorável ao envio de um número limitado de tropas norte-americanas para a Síria e Iraque. Recentemente, declarou mesmo que é preferível deixar o movimento jihadista conquistar toda a Síria para só depois o derrotar.

É empresário, presidente da The Trump Organization e fundador da Trump Entertainment Resorts. É multimilionário, um importante investidor e até uma figura conhecida da televisão norte-americana, por ter protagonizado o "reality show" de negócios "The Apprentice". Em 2011, alcançou a posição 17 na lista das 100 maiores celebridades elaborada pela revista "Forbes".

Jeb Bush

John Ellis Bush, ou "Jeb Bush", nasceu a 11 de Fevereiro de 1953, em Midland, no Estado do Texas.

É o segundo filho do antigo Presidente norte-americano George H. W. Bush e de Barbara Bush. É o irmão mais novo do também ex-Presidente George W. Bush.

Na campanha para ser o candidato republicano às eleições presidenciais, "Jeb" Bush escolheu Vladimir Putin como alvo preferencial, contra quem defende uma "mão" dura por parte dos Estados Unidos.

Bush promete reverter todas as decisões de Obama quanto às negociações sobre o armamento nuclear com o Irão e reforçar os laços com Israel. Já quanto ao combate ao Estado Islâmico, defende a colaboração de tropas norte-americanas com os militares iraquianos.

Anunciou um plano para a criação de 19 milhões de empregos e um crescimento da economia dos Estados Unidos de 4% ao ano.

Crítico da reforma do sistema de saúde de Obama, Bush pretende ainda criar um estatuto legal especial para os imigrantes indocumentados. É favorável a um alargamento dos direitos dos donos de armas.

Jeb Bush foi o 43.º governador da Florida, entre 1999 e 2007. É o único republicano que serviu dois mandatos completos como governador daquele estado.

Ted Cruz

Rafael Edward Cruz, ou "Ted" Cruz, nasceu a 22 de Dezembro de 1970, em Calgary, no Canadá, filho de um exilado cubano.

É considerado como um dos políticos mais conservadores do Congresso norte-americano. Opõe-se, por exemplo, a qualquer lei de controlo de armas. Defende medidas mais rígidas quanto à imigração, menos impostos e o fim do sistema "Obamacare".

Durante os debates com os outros pré-candidatos republicanos, Cruz sublinhou a importância de se levar a cabo uma série de ataques maciços para combater o Estado Islâmico na Síria e no Iraque. Defende uma maior ligação com Israel. No entanto, não defende o envio, no imediato, de tropas norte-americanas para o terreno.

Ted Cruz é senador júnior pelo Texas. Eleito em 2012, é o primeiro hispânico ou cubano-americano a tornar-se senador pelo seu Estado.

Marco Rubio

Marco Antonio Rubio nasceu a 28 de Maio de 1971 em Miami, no Estado da Florida, filho de imigrantes cubanos.

Acredita que a defesa deve ter a maior fatia do Orçamento, defende um alargamento das sanções ao Irão, bem como um aumento dos poderes presidenciais para combater o autodenominado Estado Islâmico.

É contra a reforma do sistema de saúde proposto por Barack Obama. Critica a decisão de restabelecer as relações diplomáticas com Cuba.

Defende que o sistema de imigração nos Estados Unidos deve ter por base o mérito e a contribuição económica que os imigrantes podem trazer ao país.

Advogado de formação, Rubio é senador júnior pelo Estado da Florida. Foi presidente da Câmara de Representantes da Florida entre 2007 a 2009.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.