A+ / A-

Edgar Silva: "Resultado ficou aquém do desejado"

24 jan, 2016 - 21:32

Candidato apoiado pelo PCP reconheceu ter falhado os objectivos para estas eleições presidenciais.
A+ / A-

"Os resultados obtidos" nas eleições presidenciais deste domingo "ficam aquém do valor desejável", admite Edgar Silva, o candidato apoiado pelo Partido Comunista Português (PCP).

Num discurso na sede de campanha, em Lisboa, Edgar Silva garantiu que cada voto na sua candidatura "é um compromisso que adquire mais força nesta nossa tarefa de mudar a vida e tem consequências" na "defesa de um Portugal mais justo".

De acordo com os resultados oficiais provisórios, Edgar Silva ficará no quinto lugar, com apenas alguns milhares de votos de vantagem do candidato independente Vitorino Silva, mais conhecido como Tino de Rans.

Edgar Silva reconheceu ter falhado os objectivos para estas eleições presidenciais. Foi a pior prestação de sempre de um candidato apoiado pelo PCP.

À intervenção do candidato seguiu-se uma reacção de Jerónimo de Sousa ao desaire eleitoral. O secretário-geral afirmou que "as vitórias não descansam" nem as derrotas desanimam os comunistas, recusando a leitura de perda de influência política face ao Bloco de Esquerda, antecipando um novo bom resultado nas próximas autárquicas.

O PCP, sublinhou, mantém a sua postura séria no âmbito da posição conjunta acordada com o PS, actualmente no Governo.

"Uma característica que temos é que trabalhamos muito, lutamos muito e nem sempre isso resulta em aumento do número de votos. Não é por acaso que é um partido que tem muito mais influência social e política do que eleitoral. Podíamos apresentar uma candidata assim mais engraçadinha, um discurso populista, seria fácil aumentar votação", afirmou, para logo recusar alguma vez trocar "valores e princípios" por um melhor resultado eleitoral.

Jerónimo de Sousa elogiou a candidatura independente dos interesses económicos e de defesa da Constituição levada a cabo por Edgar Silva e criticou o vencedor Marcelo Rebelo de Sousa.

"O resultado de Marcelo é inseparável de uma cuidada e prolongada construção mediática, prolongada até ao dia das eleições como vimos na hora de almoço", lamentou Jerónimo de Sousa.

O líder do PCP lembra que Marcelo é o candidato do PSD e do CDS e vai ser o "prolongamento do estilo que marcou mandatos da Cavaco Silva".


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Vasco
    25 jan, 2016 s 18:23
    Parabéns ao Edgar e ao seu PCP por mais uma grande vitória como de costume, até lá no seu condado o pessoal começa a aperceber-se do valor do comunismo e vão desviando o voto, restam também alguns mimados das empresas públicas nas grandes cidades e pouco mais, entretanto para que não fique no desemprego o senhor Marcelo tem um carrinho de mão um ancinho e uma pá para limpeza do jardim disponível e que certamente será mais a condizer com a sua capacidade intelectual.
  • rosinda
    25 jan, 2016 palmela 00:51
    o pcp esta a ser engolido pelo bloco de esquerda !
  • joao
    24 jan, 2016 portugal 23:17
    Mais ma vitória do PCP como estava velho o Jerónimo ...que grande derrota ....e foi muito feio (o costume) culpar o Marcelo por esta derrota ......ainda não perceberam que o comunismo não dá felicidade a ninguém que não pertença (a maioria dos enganados) ao aparelho ...muitos portugueses continuam a ir nesta cantiga dos trabalhadores blá blá Na europa desenvolvida já não há destas maneiras retrógradas de pensar e enganar os povos
  • joao
    24 jan, 2016 portugal 23:12
    Mais ma vitória do PCP como estava velho o Jerónimo ...que grande derrota ....e foi muito feio (o costume) culpar o Marcelo por esta derrota ......ainda não perceberam que o comunismo não dá felicidade a ninguém que não pertença (a maioria dos enganados) ao aparelho ...muitos portugueses continuam a ir nesta cantiga dos trabalhadores blá blá Na europa desenvolvida já não há destas maneiras retrógradas de pensar e enganar os povos