A+ / A-

​Documentário português "Gipsofila" vence prémio no Peru

15 dez, 2015 - 02:24

Realizadora Margarida Leitão explora a memória através da relação com a sua avó.
A+ / A-

O documentário "Gipsofila", da realizadora portuguesa Margarida Leitão, venceu o prémio principal do Festival Transcinema, no Peru.

Com este prémio, o filme que estreou na edição do IndieLisboa deste ano soma já três distinções.

Antes tinha ganho o Prémio Especial do Júri para Melhor Filme da Competição Internacional de Documentários no Festival de Turim, em Itália, e o Prémio para melhor documentário no Festival Caminhos do Cinema Português.

“Gipsofila” que explora as memórias da realizadora através da relação com a sua avó. O documentário é descrito como um ensaio sobre a memória, “através das palavras hesitantes de duas pessoas que se amam, que se filmam, e que partilham o mesmo sangue”.

Gipsofila / Gypsophila [Trailer] from Portugal Film on Vimeo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.