A+ / A-

Um quadro feito a vinho do Dão e café

05 dez, 2015 - 18:17 • Maria João Costa

Nem só de literatura se fala por estes dias em Viseu no Festival literário Tinto no Branco que junta livros e a arte do vinho. Num atelier de ilustração infantil, Paulo Galindro mostrou que o vinho serve também outras artes.

A+ / A-

A tela estava em branco. De um saco de supermercado, o ilustrador Paulo Galindro foi tirando os pincéis, as trinchas, frascos com vinho e café solúvel. Foi com estes materiais que fez o atelier de ilustração infantil que animou a tarde de sábado no festival Tinto no Branco, em Viseu. Pelo chão sentados em puffs pretos estavam muitas crianças. Uma delas perguntou: "Como é que isso é vinho e pinta?". O ilustrador Paulo Galindro foi explicando do que é que o vinho é feito e falou dos pigmentos.

Nas paredes da sala estavam imagens de escritores portugueses criados pelo escritor Afonso Cruz. Sob o olhar de Agustina Bessa-Luis, José Saramago, António Lobo Antunes ou do Padre António Vieira, a tela em branco de Paulo Galindro foi ganhando forma. Primeiro a carvão surgiu um sofá, depois com a trincha embebida em vinho o ilustrador do livro "Tubarão na banheira" escrito por David Machado foi dando cor ao fundo. O café serviu para pintar o sofá que ganhou estrelas depois dos mais novos escolherem o padrão da poltrona.

Ao fundo, um cão, ou melhor "uma menina" como disse Paulo Galindro que além dos filhos trouxe a cadela para esta sessão que animou a tarde de Viseu no Solar do Dão. Pouco a pouco foi explicando que tal como o vinho "também este quadro vai envelhecer" e mudar de cor. Enquanto a imagem ia crescendo aos olhos de todos, o ilustrador Paulo Galindro foi brincando. "E se a policia me mandar parar? Digo que estive a pintar!" disse a rir.

No Solar do Dão, numa organização da autarquia de Viseu com produção da Booktailors decorre até domingo o Tinto no Branco um festival literário que põe a literatura á prova entre vinhos. Numa das salas do dão e numa tenda montada no jardim é possivel por estes dias apreciar os sabores da região com uma mostra de vinhos e produtos tradicionais.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.