A+ / A-

​Padre Nuno Almeida nomeado bispo auxiliar de Braga

21 nov, 2015 - 11:01

Renascença entrevistou o novo bispo, que deixa uma saudação às famílias, "especialmente àquelas que vivem momentos mais delicados".
A+ / A-

O padre Nuno Almeida, de Fornos de Algodres, foi nomeado bispo auxiliar da Arquidiocese de Braga pelo Vaticano.

O novo bispo auxiliar de Braga nasceu há 53 anos, em Sátão, e foi ordenado sacerdote em Outubro de 1986.

A Renascença entrevistou o novo bispo na casa paroquial e descobriu um músico que acaba de lançar um CD e que é fã de Rui Veloso. Uma conversa leve de afectos e saudades, mas com muito optimismo quanto ao futuro. O padre Nuno Almeida toca e canta, e é assim que pretende transmitir a mensagem “estou entre vós como aquele que serve”.

“Basta um sorriso”, assim se chama o CD recentemente lançado pelo grupo de jovens de Fornos de Algodres, Cantus Fraternus, fundado pelo padre Nuno Almeida, para ajudar as obras da Igreja. Foi ele quem escreveu as letras. E foi entre sorrisos que recebeu a Renascença na casa paroquial, para falar de um convite inesperado.

Nuno Manuel dos Santos Almeida é natural do Sátão, a capital do míscaro, que é um dos seus "pratos preferidos”.

Conta que foi ordenado sacerdote aos 26 anos. "Comecei na diocese de Viseu, mas no distrito de Aveiro, em Vale de Cambra, depois estive em Viseu com o D. António Moiteiro no trabalho de secretário, depois estive dez anos na vida paroquial em Penalva, mais tarde passei um ano em Roma em formação e, quando regressei há três anos, vim para Fornos de Algodres, onde fiquei a servir 11 comunidades”.

De Fornos de Algodres, prepara agora as malas para Braga e as saudades apertam-lhe o coração. “Pressinto que é algo que me vai ser difícil. Dizer sim implica dizer não”, acrescenta.

Servir 11 paróquias era o dia-a-dia de uma rotina que foi invadida por um convite inesperado. Respira fundo para dizer que “foi uma surpresa completa". "Ainda não tive tempo para imaginar como será, conheço as pessoas muito acolhedoras do Minho e o senhor arcebispo D. Jorge Ortiga e o D. Senra Coelho também e, portanto, não tenho receio”, refere.

A mensagem do recém nomeado bispo auxiliar de Braga é dirigida sobretudo às famílias. “Quero saudar as famílias, muito em especial aquelas que vivem momentos mais delicados, e demonstrar toda a minha disponibilidade para servir, o mesmo que tinha escolhido na ordenação sacerdotal: estou entre vós como aquele que serve”, garante Nuno Almeida que leva outro desejo de proximidade “para com os seminaristas de Viseu que estão em Braga". "Não me posso esquecer que a minha Igreja Mãe é a igreja de Viseu e estando ao serviço da arquidiocese de Braga, as raízes e o afecto mantém-se”, revela.

O novo bispo auxiliar de Braga elege a música como principal meio de comunicação. Rui Veloso é um dos seus cantores preferidos, cujas canções ensaia na sua viola. Na literatura diz que gosta de ler clássicos, como Dostoievski para momentos importantes e decisivos da sua vida.

No currículo académico, o padre Nuno Almeida licenciou-se em Teologia na Universidade Católica do Porto, seguido do mestrado sobre Reconciliação Cristã, tema sobre o qual se encontra a desenvolver uma tese de doutoramento.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Maria Helena Pires N
    24 nov, 2015 Travassô - Águeda 23:08
    PARABÉNS ... Gostei de o conhecer através da Fé que também se exprime através da Música e do canto. Uma linguagem que todos entendem e melhor captam, já que vivemos num tempo, em que as nossas igrejas vão esvaziando de jovens. Esta é também uma forma de estar mais próximo deles e de os cativar. Desejo que na nova Missão continue a tocar guitarra... será uma estratégia para que mais "ovelhas sigam o Pastor"... Prazer em conhecê-lo. Lena Nogueira
  • Osvaldo Silva Melo
    23 nov, 2015 Viseu 21:42
    Caríssimo amigo, ao ter conhecimento da sua nomeação, para Bispo Auxiliar da Diocese de Braga, fiquei muito feliz, eu a Sarita, desejamos muitas felicidades e pedimos ao nosso Divino Chefe que derrame sobre si, abundantes bençãos do Céu
  • sa dias
    23 nov, 2015 11:54
    Muitos Parabéns, Sr Padre ( Bispo por ser escolhido para a minha Diocese. Não vai estranhar, porque o Minho é de um povo acolhedor. e cristão. Terá muito trabalho á sua frente, mas a realidade é outra Que Deus o ajude nesta nova caminhada da sua vida
  • Helder
    23 nov, 2015 Aveiro 10:24
    A RR deveria querer escrever D. António Monteiro, bispo já falecido. O Sr. D. António Moiteiro é outro bispo (atual pastor da diocese de Aveiro).
  • maria emilia saraiva
    21 nov, 2015 cascais 20:46
    Que seja um Farol de Jesus para os jovens e neste PORTUGAL cada vez mais Ateu..Muito origado.