A+ / A-

​Terror na agenda europeia

16 nov, 2015 - 14:08 • Sandra Afonso

À segunda-feira, damos conta da agenda na União Europeia para esta semana, que não fica indiferente aos atentados de sexta-feira em Paris.
A+ / A-
Olhar Europa (16/11/2015)
Olhar Europa (16/11/2015)

Esta semana, os atentados em Paris vão certamente dominar as atenções da Comissão Europeia e a agenda, que poderá sofrer alterações.

Para já, os ministros dos Negócios Estrangeiros e da Defesa estão reunidos em Bruxelas, até terça-feira. Além dos ataques em França, vão também discutir o processo de paz no Médio Oriente e a situação na Síria.

A chefe da Diplomacia europeia, Federica Mogherini, tem uma conferência de imprensa marcada para esta segunda à tarde, depois da reunião com os ministros dos Negócios Estrangeiros e Defesa.

O ministro dos Negócios Estrangeiros alemão vai discursar no Parlamento Europeu, sobre a crise dos refugiados e as relações da União Europeia com a Síria e a Turquia.

Ainda por Bruxelas, entre terça e quarta-feira, decorre o Conselho de ministros do Interior. Amanhã, François Hollande recebe o homólogo, o presidente iraniano, Hassan Rouhani, em Paris.

Outros temas em agenda esta semana passam pelo comissário europeu da Energia, Maros Sefcovic, que vai apresentar esta quarta-feira o mercado interno da Energia. Esperam-se comentários à expansão do “pipeline” da Gazprom.

No Luxemburgo, decorre entre quarta e sexta-feira o Fórum Anual das PME. São três dias de trabalhos, com líderes europeus, empresários e financiadores. Este ano há temas novos em discussão, entre eles, “como passar de refugiado a empresário” ou a criação de um “twiter para empresários”.

Em Berlim, começa quarta-feira o terceiro Fórum Europeu da Habitação. Um encontro de dois dias entre políticos, técnicos e sector privado, à procura de recomendações para as políticas de habitação. Será analisada a qualidade da habitação em 15 países, tendo em conta os custos, a sustentabilidade e as condições de habitabilidade.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.