|
A+ / A-

Pinto da Costa

"Se o FC Porto não vencer a Champions, gostaria que fosse Mourinho"

06 nov, 2015 - 22:56

Presidente do FC Porto não acredita que o ex-treinador dos dragões seja campeão pelo Chelsea, este ano.

A+ / A-

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, confessa que gostaria de ver José Mourinho vencer a Liga dos Campões, caso os "azuis e brancos" não consigam conquistar o troféu máximo do futebol europeu.

À margem da entrega de troféus da revista "Mais Alentejo", em Lisboa, o líder dos dragões afirmou que o treinador do Chelsea dificilmente será campeão em Inglaterra, mas que irá garantir um lugar no topo da tabela.

"Tenho a certeza absoluta que Mourinho está tranquilo, sabe, porque é inteligente, que campeão já não vai ser, mas ficará nos quatro primeiros lugares do campeonato e que vai ser um dos candidatos a vencer a Champions. Se não for o FC Porto ficaria feliz que fosse ele", disse Pinto da Costa.

O presidente do FC Porto espera, em primeiro lugar, que Mourinho acompanhe o FC Porto rumo aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões e orgulha-se de haver mais três treinadores portugueses que possam também seguir em frente na prova, para além do Benfica.

"As equipas para chegarem à Champions têm de ter valor e, naturalmente, para passarem à fase seguinte têm de ter valor incontestável. Temos ainda vários treinadores portugueses como Marco Silva, José Mourinho, Villas-Boas e Nuno Espírito Santos que vão marcar presença nos oitavos de final. Isso também tem de evidenciado", argumentou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.