|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Álvaro Beleza: "Francisco Assis daria um grande líder do PS"

05 out, 2015 - 17:03 • Henrique Cunha

"Se ele decidir dar esse passo, contará comigo porque é uma pessoa capaz", diz o segurista à Renascença. Se não houver um candidato à altura, Beleza avança.

A+ / A-

Francisco Assis é dos “melhores quadros do Partido Socialista e daria um grande líder”. Álvaro Beleza, o segurista que é hoje o principal rosto visível da oposição à actual direcção, diz à Renascença que se o eurodeputado decidir avançar contra António Costa poderá contar com o seu apoio.

“Assis é dos melhores quadros do Partido Socialista e daria um grande líder do Partido Socialista. Isso para mim é óbvio – e para milhares de socialistas e muitos portugueses. Portanto, se ele decidir dar esse passo, contará comigo porque é uma pessoa capaz. Não é o único socialista capaz, mas é dos melhores que nós temos porque, acima de tudo, pensa bem”, diz Beleza à Renascença.

O socialista avançará para a disputa da liderança caso não surja alguém “em melhores condições”. Alguém como Francisco Assis.

“Não tenho a ambição de ser líder do partido. E tenho a ambição que o Partido Socialista volte a ganhar, como já ganhou no passado, e que encontre os protagonistas certos. O lugar que eu tenho é o menos importante. Acho que há várias pessoas com capacidade – eu, porventura, serei algum deles. Mas há camaradas com igual ou melhor preparação que a minha.”

“Tem que haver um congresso do partido e tem que haver clarificação interna. E é natural que apareçam candidaturas”, diz.

Costa sem condições

Para Beleza, a actual direcção não tem condições para continuar.

“Houve uma direcção política que avançou para a luta no Partido Socialista há um ano – quanto a mim, por razões erradas – depois de o partido ter tido uma vitória. Perderam as eleições, têm que assumir essas consequências. E perderam por erros cometidos, erros tácticos, estratégicos”, diz.

“Em política, quem comete os erros tem que os assumir. Os militantes socialistas têm de ter a lucidez de perceber que temos de corrigir esses erros e temos que também ter protagonistas diferentes. E o Partido Socialista está cheio de gente capaz.”

PS não deve ter candidato a PR

Na reunião da comissão política do PS de terça-feira, Álvaro Beleza promete exigir clarificação: “Amanhã vou dizer que é preciso – não sei se vão anunciar isso ou não – que haja um congresso, que é preciso haver clarificação interna, que o partido não deve tomar posição nas eleições presidenciais.”

Para Beleza, seria “mais positivo fazer esse congresso depois das eleições presidenciais”. “Mas sei o que a direcção do partido pensa sobre isso”, diz.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Mario Moreno
    13 out, 2015 Arrentela 12:10
    Este Assis, deve de estar no partido errado, pois o PS sendo dito de esquerda, quer continuar virado para a direita?.... então vá para o CDS... ao menos aí não engana ninguém!
  • Ó Santos
    06 out, 2015 Lx 10:02
    Continua a votar no PSD que é o teu partido! O que tu sabes, já me esqueceu...
  • R. Almeida
    06 out, 2015 Porto 02:58
    Francisco Assis? O homem que perguntou ao jornalista, que o entrevistava, se queria que o líder da bancada parlamentar do PS andasse num R.Clio? Não, eu só quero que os líderes das bancadas parlamentares andem nos seus próprios carros, sejam Clios, Mercedes ou jaguares e com gasolina paga por eles e não pelos contribuintes e isto estende-se aos ministros, sec de estado, assessores etc, excepto quando em funções oficiais. O trabalho de suas excelências é remunerado, bem ou mal, mas enquanto contribuinte não vejo razão para pagar carros, motoristas, gasolina e mais sei lá o quê. Ter à frente do PS um homem que pensa porque arranjou um lugar no poleiro, já tudo lhe é devido.
  • Luís Reis
    05 out, 2015 Carcavelos 23:46
    Concordo que Costa cometeu erros crassos e por coerência devia pôr o lugar à disposição. Mas não sei se Assis tem apoios internos para apresentar uma alternativa ganhadora.
  • Borboleta
    05 out, 2015 Guarda 22:41
    O Beleza não parece ter perfil para líder. Talvez uma mulher...cativava maior audiência!
  • santos
    05 out, 2015 --------- 22:17
    E eu para voltar a votar no PS, só com o Seguro, como secretário geral.
  • Concordo
    05 out, 2015 LX 22:06
    De facto António Costa foi eleito democraticamente, lidou com factos alheios à sua pessoa tais como a prisão de Sócrates e uma oposição tremenda dos ditos "seguristas", quando o Seguro não colheu qualquer simpatia por parte da esmagadora maioria dos que votaram na eleição do secretário-geral. Contrariamente ao que dizem alguns comentários, se este desconhecido Álvaro Beleza, ou alguém do o seu grupo de seguidores de Seguro, como porta-vozes etc. derrubarem António Costa o PS nunca mais se levanta. Os comentários verrinosos que andam a postar por aí , com a história da pretensa traição, entre outras, foi das coisas mais lastimáveis que um simpatizante do partido socialista pôde observar nesta campanha. Por isso, se querem que o PS sobreviva, isto é, que tenha votos, tenham em atenção que grande parte do eleitorado não é estúpido! Afinal, enquanto Seguro foi secretário-geral do PS ninguém o viu fazer nada na vida, o que é que leva esta gente a crer que o seu resultado poderia ser melhor do que este?
  • Jocaf figueiredo
    05 out, 2015 rio maior 22:04
    Começou a campanha de desestabilização, levada a efeito não só por alguns seguristas, apoiados pelos órgãos de informação
  • Luís Fernando da Cos
    05 out, 2015 Vila Nova de Gaia 21:39
    Já dizem que o PS está ao Centro, e ainda querem um secretário-geral mais à direita? O PS precisa de união e não de divisões.Quando se ganha somos os melhores, mas quando se perde já não servem.Devem lutar pela união do partido e não fazerem comentários que só dividem.
  • Fernando Gomes
    05 out, 2015 Setubal 21:30
    Pretensos lideres do PS, melhor que ganhem juízo e se não tm memória curta recordem o que aconteceu ao PASOK (Grécia).