A+ / A-

Solidariedade. Antídoto para o egoísmo e os nacionalismos

15 set, 2018 - 20:36 • Agência Ecclesia

Bispos católicos de 45 países reuniram-se durante três dias na Polónia.
A+ / A-

Representantes dos bispos católicos de 45 países reuniram-se durante três dias, na Polónia, para debater a importância da solidariedade. Um antídoto para o egoísmo e os nacionalismos, como diz o presidente do Conselho das Conferências Episcopais da Europa.

“Apesar de uma cultura que nos leva a ser individualistas, separados uns dos outros, como pessoas, como grupos e como Estados. Apesar de tudo isto, mais, por causa de tudo isto, há necessidade de anunciar a esperança que é Jesus, o qual fez de nós um povo novo. É preciso recuperar, com o anúncio de Cristo, a dimensão relacional e, portanto, a dimensão comunitária”, disse o cardeal Angelo Bagnasco.

Os trabalhos ficaram marcados pelas mensagens de apoio ao Papa na luta contra os abusos sexuais na Igreja, um tema que marca a agenda mediática e eclesial D. Manuel Clemente, cardeal patriarca de Lisboa, manifestou o seu apoio a estes esforços.

“Os problemas, temos de os resolver e temos de os resolver como Papa Francisco tem indicado e como tem comprovado que quer resolver. Por isso, estamos completamente com ele”, refere.

Durante o encontro, foi publicado um relatório sobre o impacto das iniciativas de organizações católicas na promoção do voluntariado na Europa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.