A+ / A-
Fórmula 1

Kimi esforça-se para provocar arrependimento na Ferrari

14 set, 2018 - 15:27

O finlandês foi o mais rápido em Singapura, esta sexta-feira. Hamilton acelerou durante a tarde. Vettel tem ritmo, mas um toque no muro abreviou a sua passagem pelo asfalto.
A+ / A-

Kimi Raikkonen foi o piloto mais rápido das duas sessões de treinos livres do GP de Singapura. O finlandês estabeleceu o melhor tempo, fixado durante a segunda sessão, ao rodar em 1.38'699. Kimi acelera à frente do pelotão, pouco tempo depois de ter anunciado que está de saída da Ferrari para correr pela Sauber. A escuderia italiana vai trocar o campeão do mundo de 2007 pelo jovem Charles Leclerc, monegasco que faz o percurso inverso, da Sauber para a Ferrari.

Só Hamilton, em Mercedes, acompanhou Raikkonen no segundo 38. O líder do Mundial de Pilotos gastou mais 0.011s. Os Red Bull, que dominaram a primeira sessão de treinos, voltaram a estar em bom plano, com Verstappen, em terceiro, a bater Ricciardo, que fez o quarto tempo.

Vettel não foi além do nono tempo, durante a segunda sessão. O alemão completou, apenas, 12 voltas. Estava a fazer bons parciais, mas bateu num muro e foi obrigado a parar.

A sessão de qualificação está agendada para sábado, às 14h00. A corrida é no domingo, às 13h10.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.