A+ / A-
Paços de Ferreira

Vítor Oliveira prefere cumprir jogo à porta fechada na Taça da Liga

14 set, 2018 - 15:24

Treinador dos castores não concorda com p castigo, mas prefere que o jogo sem adeptos seja disputado na Taça da Liga, uma competição secundária às aspirações principais do Paços de Ferreira.
A+ / A-

Vítor Oliveira, treinador do Paços de Ferreira, não concorda com o castigo do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, mas admite que prefere cumprimir a sentença no jogo da Taça da Liga, competição secundária para o clube.

Em conferência de imprensa, o técnico dos castores acredita que deveria existir uma discussão para se alterar os regulamentos. "Os regulamentos estão definidos pelos clubes. Os clubes é que têm de rever se é isto que interessa ao futebol ou alterar algo. Por exemplo, colocar câmaras nos estádios para tentar detetar os prevaricadores por forma a serem castigados e afastados dos campos de futebol".

"Agora, castigar toda a gente por um erro de três ou quatro pessoas creio que é um exagero. São os clubes que devem resolver esta situação o mais rapidamente possível", adicionou.

Ainda assim, estando definido o castigo pela FPF, Vítor Oliveira prefere cumpri-lo na Taça da Liga. "O meu parecer junto da direção foi no sentido de cumprir o jogo à porta fechada já neste encontro da Taça da Liga, porque o nosso grande objetivo é o campeonato".

"Há jogos mais importantes que outros, quer queiramos quer não. Para o Paços de Ferreira, os jogos do campeonato são mais importantes que os da Taça da Liga. Foi muito em cima, mas as pessoas têm que perceber que Paços de Ferreira tem os seus interesses e nos jogos do campeonato é muito importante termos uma boa moldura humana".

O técnico dos pacences acredita num bom resultado frente ao Desportivo das Aves, mesmo sem o efeito do fator-casa. "A diferença das equipas do fundo da tabela da Primeira Liga e das que aspiram pela subida não me parece que seja substancial. Pensamos que podemos discutir este jogo de igual para igual e há 50% de possibilidades para cada equipa".

Chegar à final-four, para Vítor Oliveira, é pouco provável. Para o treinador dos castores, a Taça da Liga tem outro intuito. "As hipóteses de chegar á final-four não são nulas mas são muito reduzidas. Somos a equipa com menos possibilidades. Daí a nossa aposta noutros objetivos que nos parecem mais importantes.

"Mas vamos querer ganhar este jogo e aproveitar para cimentar processos, consolidar princípios de jogo e dar oportunidade a alguns jogadores. Vai ser um jogo de algumas experiências mas que vamos encarar com grande seriedade e com muita vontade de ganhar", rematou.

O Paços de Ferreira-Desportivo das Aves disputa-se no sábado, às 15h30, no Estádio Capital do Móvel.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.