A+ / A-

Açores. Tempestade “Helene” deve atravessar zona entre grupos ocidental e central

14 set, 2018 - 00:54

A atualização foi feita esta quinta-feira à noite pelo IPMA.
A+ / A-

A tempestade tropical “Helene” tem uma probabilidade estimada entre 40% e 70% de atravessar a zona entre os grupos ocidental e central do arquipélago dos Açores, avança o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em comunicado, o IPMA detalhou que a tempestade tropical “Helene”, às 21h00 locais de quinta-feira (mais uma hora em Lisboa), evoluía a 1.540 quilómetros a sudoeste do arquipélago, deslocando-se para norte a uma velocidade de 30 quilómetros por hora (km/h).

No seu texto, o IPMA mencionou a existência de "um desvio da trajetória mais para leste do que o previsto no comunicado anterior, pelo que é provável (probabilidade entre 40 a 70%) que o centro da tempestade atravesse a zona" entre os grupos ocidental (ilhas das Flores e do Corvo) e central (Faial, Pico, São Jorge, Terceira e Graciosa).

Em resultado, "o vento e a agitação marítima deverão ser mais elevados do que inicialmente previsto nas ilhas do grupo central".

Ao contrário, "é pouco provável (probabilidade entre 20 a 40%) que o centro da tempestade passe pelo grupo oriental", formado por São Miguel e Santa Maria.

Assim, o IPMA prevê que, "a partir da tarde/noite de sábado e madrugada de domingo", o vento sopre forte a muito forte do quadrante sul com rajadas até 120 km/h, que haja chuva forte e ondas do quadrante sul entre seis a oito metros de altura nos grupos ocidental e central.

Já no grupo oriental, "prevê-se que a precipitação seja por vezes forte a partir de sábado e o que o vento aumente de intensidade no domingo".

Durante este período, "a ondulação deverá ser de sudoeste de três a cinco metros de altura".

Ainda na quinta-feira, o IPMA emitiu avisos amarelo e laranja para os Açores, devido à previsão de chuva, vento e agitação marítima no fim de semana, causados pela passagem desta tempestade tropical.

Assim, para o grupo ocidental, o IPMA emitiu um aviso laranja a partir das 20h00 locais de sábado até ao início da madrugada de domingo, dia 16, referente a vento forte e agitação marítima.

No que respeita à precipitação, o aviso laranja começa a vigorar a partir das 12h00 de sábado e estende-se até às 6h00 de domingo.

Na madrugada de domingo, o aviso para este grupo passa a amarelo, até às 6h00, para agitação marítima e vento.

Os grupos central e oriental vão estar apenas sob aviso amarelo no fim de semana.

No grupo central, o aviso refere-se à previsão de chuva entre as 12h00 de sábado e as 6h00 de domingo, e à previsão de forte agitação marítima entre as 21h00 e as 12h00 dos mesmos dias.

Para o grupo oriental, vigora também um aviso amarelo para chuva na manhã de domingo.

O aviso amarelo, o terceiro de uma escala de quatro, revela situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O aviso laranja é o segundo e indica situação meteorológica de risco moderado a elevado.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.