A+ / A-

Papa recebe bispos americanos sobre abusos na Igreja

11 set, 2018 - 22:17

A reunião foi pedida pelo cardeal Daniel DiNardo, presidente da Conferência Episcopal dos EUA, com o objetivo de discutir os abusos cometidos por sacerdotes e o alegado encobrimento.
A+ / A-

O Papa Francisco vai receber, na quinta-feira, os líderes da Conferência Episcopal dos Estados Unidos (USCCB, na sigla inglesa), anunciou o Vaticano.

A reunião foi pedida pelo cardeal Daniel DiNardo, presidente da USCCB, com o objetivo de discutir os abusos cometidos por sacerdotes e o alegado encobrimento.

O cardeal Daniel DiNardo quer que o Papa Francisco autorize uma investigação do Vaticano ao caso do antigo cardeal Theodore McCarrick, acusado de molestar sexualmente e assediar menores e adultos.

Em comunicado, a Santa Sé adianta que no encontro de quinta-feira também vão estar presentes o cardeal de Boston, Sean O'Malley, e dois outros representantes da Conferência Episcopal dos Estados Unidos.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • JOAQUIM S.F. SANTOS
    11 set, 2018 TOJAL 23:43
    Correto, é um ataque que vem do interior, provocado por muitos, ditos teólogos, melhor: (lobos vestidos de cordeiros), que ensinaram em muitas universidades e seminários que os Mandamentos da Lei de Deus estavam ultrapassados, e que a bíblia não passa de um conjunto de fábulas e figuras de estilo. Com estes falsos ensinamentos, induziram em erro: eclesiásticos e leigos, bem como banalizaram a devoção à Virgem Maria e o dogma de que ela é virgem, antes, durante e depois do parto. Muitos dos eclesiásticos, pedófilos, são também eles vitimas destas doutrinas. Porém, sempre e também estes culpados, devido à sua falta de oração e de sua consagração ao Coração Imaculado de Maria.