A+ / A-

Tsunami de 193 metros foi provocado pelas alterações climáticas

10 set, 2018 - 23:37

conclusão é de um estudo divulgado na última semana na revista “Nature”, que resultou de uma colaboração entre 32 especialistas.
A+ / A-

As alterações climáticas foram a causa do tsunami de quase 200 metros que atingiu o estado norte-americano do Alasca, em 2015.

A conclusão é de um estudo divulgado na última semana na revista “Nature”, que resultou de uma colaboração entre 32 especialistas.

“O deslizamento e o tsunami provocados pelo recuo dos glaciares, no fiorde de Taan, representa uma ameaça provocada pelas alterações climáticas”, afirmam os cientistas.

“Mais deslizamentos poderão acontecer à medida que os glaciares de montanha continuam a diminuir e o permafrost alpino a descongelar”, advertem.

O caso estudado remonta a 17 de outubro de 2015, quando o deslizamento de 180 milhões de toneladas de pedras no fiorde de Taan, no Alasca, provocou um tsunami de 193 metros de altura, uma das maiores ondas de que há registo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.