A+ / A-

Moto2. Miguel Oliveira nono na qualificação

08 set, 2018 - 17:42

Piloto português sofreu uma queda. Prova realiza-se este domingo.
A+ / A-

O português Miguel Oliveira foi o nono mais rápido na qualificação para o Grande Prémio de São Marino de Moto2, apesar de ter sofrido uma queda no início da sessão.

O piloto da KTM, que tinha sido o mais rápido na terceira sessão de treinos livres da manhã, terminou com o tempo de 1:37.678 minutos, a 0,557 segundos do mais rápido, o italiano Francesco Bagnaia, que lidera o Mundial da categoria.

"Foi uma qualificação um pouco estranha. Sabíamos que era importante conseguir uma volta rápida logo no início", explicou o piloto de Almada, que nessa fase acabou por sofrer uma queda a baixa velocidade, na curva quatro do circuito de Misano.

Em declarações divulgadas pela KTM, Miguel Oliveira lamentou não ter conseguido "fazer uma volta limpa".

"Gostava de ter ficado um pouco mais à frente na grelha, apesar de ter ficado a menos de um décimo do quinto posto", assinalou o segundo colocado do campeonato de Moto2.

O português afirmou que foi "uma pena", mas disse estar "tranquilo", pois tem "consciência que se fizer um bom arranque" pode "lutar pelo pódio".

"Também queremos continuar a lutar pelo título e não queremos perder a oportunidade de encurtar a distância", que atualmente se cifra em três pontos para Francesco Bagnaia.

Em MotoGP, Jorge Lorenzo (Ducati) sai da 'pole position', tal como Jorge Martin, em Moto3.

O GP de São Marino é o 13.º do calendário de 2018. A corrida de Moto2 está marcada para as 11h20 horas de domingo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.