A+ / A-
Sporting

Torres Pereira: "Não sei se o clube está melhor do que antes da nossa chegada, mas pior não está"

06 set, 2018 - 19:05

Líder da Comissão de Gestão do Sporting elogiou o trabalho desenvolvido, dois dias antes das eleições.
A+ / A-

Artur Torres Pereira, líder da Comissão de Gestão do Sporting, fez um balanço muito positivo do trabalho desenvolvivo desde a destituição de Bruno de Carvalho.

A dois dias das eleições no Sporting, Torres Pereira, em declarações à SportingTV, diz que que "tudo foi feito para garantir estabilidade no clube", depois dos ataques em Alcochete.

"Passámos por uma situação complexa, pesada, delicada e geradora de conflitos para a qual mobilizámos todas as nossas energias. Natural que a prioridade fosse a reconstrução do ambiente em torno de uma equipa competitiva e candidata".

O líder da Comissão de Gestão deixou ainda elogios ao presidente interino, Sousa Cintra: "Como fruto do entusiasmo e do otimismo do Sousa Cintra, trouxemos José Peseiro, três dos principais atletas que tinham rescindido contratos e aquisições de jogadores com contenção de custos, porque não há muito dinheiro".

Torres Pereira falou ainda sobre as contratações do clube e admite o objetivo de ser campeão. "Gudelj, Diaby e Sturaro são mais-valias e vão mostrar o que valem quando estiverem devidamente integrados. Temos equipa para sermos campeões nacionais. Não sei o clube está melhor do que antes da nossa chegada, mas pior não está seguramente"

"Vivemos um clima de esperança na mudança depois do final do ato eleitoral. Tem de existir uma reestruturação profunda de todos os setores do clube, da Academia ao marketing. Estamos convictos que a direção que entrar tem condições para isso", rematou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.