A+ / A-
FC Porto

Felipe e a seleção. "Uma grande oportunidade e espero corresponder às expectativas"

02 set, 2018 - 16:17

O central do FC Porto falou sobre a recente convocatória a seleção brasileira e ainda do percurso no FC Porto.
A+ / A-

Felipe, central do FC Porto, pode estrear-se com a camisola da seleção do Brasil na próxima semana, frente aos Estados Unidos da America e El Salvador.

O defesa de 29 anos está nos dragões desde 2016, mostrou a sua satisfação pela convocatória e destacou a importância de Tite, que foi treinador do central no Corinthians.: "Fiquei muito feliz, sem dúvida. Nunca escondi que o Tite e toda comissão técnica do Corinthians foram muito importantes para o meu crescimento".

O central espera com grande expectativa o reecontro com Tite: "Vai ser muito bom voltar a vê-lo. Fico feliz que as coisas tenham dado certo para nós. Será uma grande oportunidade e espero poder corresponder às expectativas para voltar a ser chamado novamente e afirmar-me no grupo".

O segredo para voltar a representar a "canarinha"? Trabalho. "É uma grande oportunidade e espero aproveitar. A receita é trabalhar, trabalhar, trabalhar. No FC Porto e na seleção, seja nos treinos ou nos jogos".

Elogios rasgados aos dragões

Felipe deixou ainda elogios à dimensão do FC Porto.

"Hoje estou em um clube gigante da Europa como o FC Porto e pude voltar a ser chamado pela seleção para defender o meu país", disse o central, em entrevista ao site da Federação.

"Desde que cheguei, vi em todos uma vontade muito grande de vencer. Na minha primeira temporada passamos perto, mas na última conseguimos o título nacional que o clube e os adeptos tanto desejavam".

"Nesta temporada, conquistamos a Supertaça e agora vamos em busca de mais objetivos. O grupo está renovado, vai buscar se entrosar o mais rapidamente possível para termos uma equipe forte em condições de brigar por mais conquistas", rematou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.