A+ / A-
Sporting

José Peseiro: "Queríamos vencer, mas aceitamos o empate"

25 ago, 2018 - 21:21

Treinador do Sporting assume que queria vencer o dérbi, porém, perante certa superioridade do Benfica, empatar foi aceitável.
A+ / A-

José Peseiro queria ter visto o Sporting vencer o dérbi da Luz, no entanto, aceita o empate a uma bola, face ao que se passou em campo.

Na BTV, após a partida, o treinador leonino lembrou que o Benfica "é uma equipa muito forte", que fez o sexto jogo oficial, enquanto o Sporting fez apenas o terceiro. Para lá da estabilidade com que um clube e o outro arrancou a época, numa referência à crise diretiva dos leões. Daí não ter ficado com a maior intensidade do Benfica durante os 90 minutos:

"Até aos 15 minutos, da segunda parte tivemos o jogo equilibrado como Benfica, oportunidades para um lado e para o outro. A partir daí, o Benfica foi mais forte. Empurrou-nos para trás, criou-nos muitas dificuldades, criou situações de golo. Parabéns aos meus jogadores, pela abnegação, atitude, coragem que tivemos. Sabemos que sofremos muito".

Peseiro salientou a forma como os seus jogadores deram "o máximo", mesmo com menos capacidade física que o eterno rival.

"[Vi] muita gente que não está neste momento em condições para jogar 90 minutos ao mais alto nível como o Benfica nos obrigou, mas a dar uma resposta muito grande. Partimos para o jogo desde início tentando pressionar alto e incomodar o Benfica, mesmo sabendo que iríamos passar algum mau bocado, alguns riscos desse desgaste. Queríamos vencer, como é evidente, mas aceitamos o empate face àquilo que foi o jogo e àquilo que fora os 20 minutos finais do Benfica", assumiu.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.