A+ / A-
​I Liga

Marítimo – Santa Clara sem VAR. A culpa é do mau tempo

12 ago, 2018 - 16:33

Equipa de arbitragem liderada por Manuel Oliveira não conseguiu viajar para a Madeira e o juiz alternativo não está habilitado para o vídeo-árbitro.
A+ / A-

O Marítimo – Santa Clara, que começou pelas 16h00, não tem vídeo-árbrito (VAR) e a culpa é das “condições atmosféricas adversas” que impediram o árbitro Manuel Oliveira de viajar para a Madeira.

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) explica, em comunicado, que o voo foi cancelado “e os árbitros – que sairiam do Porto - não conseguiram viajar”.

Face a este impedimento, o Conselho de Arbitragem nomeou outra equipa de arbitragem, constituída por Anzhony Rodrigues (árbitro), Luís Freitas e Nuno Pereira (assistentes) e Roberto Santos (quarto árbitro), que se encontra na Madeira”.

Anzhony Rodrigues é árbitro da segunda categoria e não está certificado para utilizar o vídeo-árbitro. Por isso, foi determinado que o Marítimo-Santa Clara não terá VAR.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.