A+ / A-

Esta noite, há "chuva de estrelas" no céu

12 ago, 2018 - 14:36

A partir das 23 horas, olhe para o céu e veja a chuva de meteoros Perseidas - um fenómeno causado por detritos do cometa Swift-Tuttle.
A+ / A-

A chuva de meteoros Perseidas vai atingir o seu pico este domingo, dia 12 de Agosto, a partir das 21 horas, e prolonga-se até às 8h de 13 de Agosto.

A famosa "chuva de estrelas" anual é causada pela passagem da Terra perto da zona de detritos do cometa Swift-Tuttle (que passou junto à órbitra da Terra em 1992 e deixou para trás um rasto de poeira e areia). Costuma ser visível a partir do fim de julho e, regra geral, dura até às primeiras semanas de agosto.

"Quando a Terra passa pela zona dos detritos, estes atingem a atmosfera e desintegram-se provocando rápidos rastos luminosos (conhecidos popularmente por chuva de estrelas)", explica o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL) no seu site.

Em Portugal, o fenómeno será visível a olho nu a partir das 23 horas, quando a constelação de Perseus aparece acima do horizonte.

Este ano, será possível "observar cerca de 110 meteoros por hora num céu escuro”, diz o OAL.

Onde assistir?

Para conseguir ver bem a chuva de meteoros, a estratégia é simples: fuja das cidades, onde a visão é mais "limitativa", "devido à falta de um vasto horizonte e de o céu ser mais brilhante do que a maioria dos rastos luminosos", diz o OAL.

O melhor é mesmo pegar numa manta, ir para o campo e olhar para o céu. Não é necessário qualquer equipamento para assistir ao fenómeno.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.