A+ / A-

Morreu V. S. Naipaul, prémio Nobel da Literatura

12 ago, 2018 - 00:08

Autor de obras como “A Curva do Rio” e “O Enigma da Chegada” tinha 85 anos.
A+ / A-

Veja também:


O escritor V. S. Naipaul, prémio Nobel da Literatura em 2001, morreu na sua casa de Londres. Tinha 85 anos.

Nascido em Trinidade e Tobago, Vidiadhar Surajprasad Naipaul escreveu livros como “A Curva do Rio” e “O Enigma da Chegada”.

A mulher, Nadira Naipaul, recorda o marido como “um gigante em tudo o que alcançou”.

Em comunicado, adianta que o escritor morreu “rodeado por aqueles que amava” e “viveu uma vida cheia de criatividade maravilhosa e esforço”.

Em 2016, Vidiadhar Naipaul esteve em Portugal, no Fólio - Festival Literário de Óbidos, onde explicou que a sua escrita tenta “tornar o mundo mais simples” e ao mesmo tempo “perceber o que está a acontecer lá fora".

V.S. Naipaul nasceu em 1932, na ilha de Trinidade e Tobago, numa família de origem indiana. Cresceu na pobreza e mudou-se para Inglaterra, com 18 anos, depois de ganhar uma bolsa para estudar na University College, em Oxford.

Foi lá que escreveu a sua primeira novela, que não chegou a ser publicada. Deixou a universidade em 1954 e foi trabalhar para a National Portrait Gallery, em Londres.

Estreou-se com "The Mystic Masseur", novela escrita no ano seguinte. A reação foi fria, mas ganhou o seu primeiro prémio literário para jovens autores.

Em 1989, a rainha de inglaterra atribuiu o título de cavaleiro do império a V.S. Naipaul.

“Quando aprendi a escrever tornei-me o meu próprio mestre, tornei-me muito forte e essa força está comigo até aos dias de hoje”, disse o Nobel da Literatura, em 2010.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.