O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

​Sérgio Conceição sobre Marega: “Temos gente que quer trabalhar”

11 ago, 2018 - 23:44

Treinador gostou da exibição do FC Porto frente ao Desportivo de Chaves e do resultado, de 5-0. Alerta que é preciso fazer "mais e melhor do que no ano passado para conseguirmos ganhar”.
A+ / A-

O plantel do FC Porto está forte e tem jogadores com vontade de trabalhar, afirmou Sérgio Conceição sobre a ausência de Marega, que está a treinar à parte depois de ter esticado a corda para ser transferido para Inglaterra.

“O grupo é forte, temos gente que quer trabalhar, que me dá uma resposta diária adequada há minha exigência e rigor”, disse à SportTV o treinador quando questionado sobre a boa resposta da equipa sem Marega, após a goleada por 5-0 frente ao Desportivo de Chaves.

“Já sabem como eu sou, como o clube é, o clube tem uma exigência muito grande. Quando é assim, os jogadores estão verdadeiramente comprometidos, estão com uma ambição, determinação e paixão enorme pelo que fazem diariamente, havendo um respeito muito grande entre nós todos, estamos mais perto, sem dúvida nenhuma, de ganhar. E é isso que acontece”, sublinhou.

Minutos depois, em conferência de imprensa, Sérgio Conceição foi questionado se Marega vai ser reintegrado.

“Em relação aos jogadores que estão ausentes não me pronuncio”, respondeu o técnico do FC Porto.

“Temos que fazer mais e melhor do que no ano passado”

Sérgio Conceição gostou da exibição da sua equipa frente ao Desportivo de Chaves, na primeira jornada do campeonato.

“Foi a entrada que queríamos, um pouco a imagem da época passada. Fomos uma equipa muito pressionante, a reagir muito rápido à perda da bola. Deixámos pouco espaço para o adversário construir e tivemos uma dinâmica muito interessante no ataque. O resultado podia ser mais volumoso com mais acerto na finalização”, declarou.

Os dragões iniciaram a defesa do título com uma goleada, mas Sérgio Conceição considera que esta temporada vai ser ainda mais difícil.

Temos que dar continuidade ao ano passado e esperar ainda mais dificuldades. Temos que fazer mais e melhor do que no ano passado para conseguirmos ganhar”, sublinhou.

Sérgio Conceição acrescentou que Jesus Corona e Marius entraram muito bem, tal como Adrian Lopez. "Se posso apontar um dissabor da minha parte foi o Adrian não ter feito o golo naquela ocasião clara que teve", rematou o técnico.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.