A+ / A-

Fogo de Monchique. Segurança Social vai abrir linhas de atendimento

10 ago, 2018 - 18:56

Duas unidades móveis vão estar no terreno para ajudar as populações, anunciou o primeiro-ministro.
A+ / A-

A partir da próxima semana, a Segurança Social vai abrir quatro linhas de atendimento para apoios sociais de emergência e duas unidades móveis vão estar no terreno para ajudar as pessoas afetadas pelo incêndio de Monchique.

O anúncio foi feito esta sexta-feira pelo primeiro-ministro, António Costa, que esteve reunido com os autarcas da região.

O objetivo é darem apoio na área da Segurança Social, ajudar a tratar de documentos de identificação perdidos durante o incêndio ou apoio na área agrícola, explicou António Costa.

O primeiro-ministro anunciou a elaboração de um "programa de reordenamento económico da Serra de Monchique", atingida por um incêndio na última semana, e cuja coordenação será da responsabilidade do presidente daquela câmara.

António Costa enumerou aquelas que são as prioridades face às consequências deste fogo, as primeiras das quais "o apoio às pessoas que estão desalojadas" e o "apoio à reconstrução das habitações que foram danificadas".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.