O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Maré de plástico invade praias paradisíacas do México

10 ago, 2018 - 14:33

As garrafas, garrafões, sacos, palhinhas e outros materiais deram à costa depois da passagem do furacão John pelo Oceano Pacífico.
A+ / A-

Toneladas de plástico e lixo invadiram as praias da estância turística de Cabo San Lucas, no México.

As garrafas, garrafões, sacos, palhinhas e outros materiais deram à costa depois da passagem do furacão John pelo Oceano Pacífico.

Dezenas de voluntários juntaram esforços para limpar o areal das toneladas de plástico e lixo.

No mês passado, um fenómeno semelhante aconteceu na República Dominicana.

Os investigadores estimam que haja cerca de 250 mil toneladas de plástico nos oceanos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • JOAQUIM S.F. SANTOS
    10 ago, 2018 TOJAL 20:49
    Já que os homens invadem o mar de todo o tipo de sujidade, as forças divinas começam a limpa-lo pela acção dos agentes atmosféricos, deslocando o lixo para os locais de luxo do homem. A justiça divina em acção.