O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Fisco espanhol devolve dois milhões a Ronaldo

10 ago, 2018 - 07:14

Avançado foi acusado de desfalcar o fisco em 14,7 milhões de euros, relativos a direitos de imagem entre 2011 e 2104.
A+ / A-

Afinal, Cristiano Ronaldo deu dinheiro a mais ao fisco espanhol. O jogador pagou 18,8 milhões no âmbito do processo por alegada fraude fiscal, mas a agência tributária refez as contas e concluiu que só devia ter pago 16,7 milhões.

Segundo o jornal espanhol "El Mundo", foram devolvidos a CR7 mais de dois milhões de euros. A Autoridade Tributária de Espanha terá concluído que o futebolista pagou esse valor em IVA pela transferência dos seus direitos de imagem para o empresário Peter Lim, sem ter a obrigação legal o fazer. Ou seja, esta operação não está sujeita ao IVA espanhol por se tratar de uma prestação de serviços fora de Espanha.

Em julho, Ronaldo e o fisco espanhol chegaram a acordo para o pagamento de uma multa por evasão fiscal. O jogador aceitou pagar cerca de 19 milhões de euros e, em troca, ser condenado a dois anos de prisão com pena suspensa.

O avançado foi acusado de desfalcar o fisco espanhol em 14,7 milhões de euros, relativos a direitos de imagem entre 2011 e 2014, quando ainda era jogador do Real Madrid.

Em Julho, o Real Madrid e a Juventus confirmaram a transferência de Cristiano Ronaldo do clube espanhol para o clube italiano. O português custou, ao todo, 112 milhões de euros.

No site oficial, a Juve revelou que Ronaldo assinou contrato por quatro anos, até 2022. Segundo a imprensa, auferirá um salário de 30 milhões de euros anuais. Pelo avançado, a "Vecchia Signora" comprometeu-se a desembolsar 100 milhões de euros, a pagar em dois anos, mais 12 milhões reservados para o mecanismo de solidariedade, imposto pela FIFA e pelo qual o Sporting, como clube formador, será beneficiado, e por "encargos acessórios".

CR7 tornou-se o máximo goleador da história do Real, com 451 golos em 438 jogos. No total, amealhou 16 títulos, entre eles quatro Ligas dos Campeões, todas nas últimas cinco temporadas e três delas consecutivas. A nível individual, arrecadou quatro Bolas de Ouro, dois "The Best" da FIFA e três Botas de Ouro, entre outros galardões, com a elástica "blanca".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.