O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Sousa Cintra: "Fizemos tudo para que Rafael Leão regressasse ao Sporting"

08 ago, 2018 - 10:04

O presidente interino da SAD do Sporting responsabiliza o pai e o empresário por eventuais danos na carreira do jogador. Rafael Leão assinou pelo Lille, depois de ter rescindido com o Sporting, alegando justa causa.
A+ / A-

Sousa Cintra ainda não foi oficialmente informado de que Rafael Leão assinou contrato com o Lille, mas lamenta, desde já, que os representantes do avançado nunca tenham mostrado disponibilidade para abordar a possibilidade de um retrocesso no processo de rescisão desenvolvido pelo jogador, após os incidentes de Alcochete.

Em entrevista à Renascença, o presidente da SAD do Sporting sublinha que fez "tudo o que era possível para ele regressasse".

"Infelizmente, o pai nunca quis falar connosco e o empresário também não. Provavelmente vão estragar a carreira ao rapaz. Ele não tem nenhuma razão para rescindir com o Sporting. Deixou influenciar-se", lamenta Sousa Cintra.

Ainda sem notificação oficial do contrato de cinco anos assinado e anunciado pelo Lille, o dirigente esclarece que tomará as medidas necessárias, na defesa dos interesses do Sporting. Os leões deverão avançar com pedido de indemnização para os tribunais.

Todos os casos resolvidos e por resolver

Rafael Leão, de 19 anos, foi um dos jogadores que apresentou rescisão de contrato com o clube, após os incidentes de Alcochete. O Lille decidiu contratá-lo a custo zero, sem negociar com o Sporting.

Gelson, que está no Atlético de Madrid, Rui Patrício, que assinou pelo Wolverhampton, e Daniel Podence, que rumou ao Olympiacos, são casos idênticos. Sousa Cintra travou a saídas de Bruno Fernandes, Battaglia e Dost, que regressaram a Alvalade, e acertou a transferência de William Carvalho para o Betis.

Rúben Ribeiro também rescindiu contrato, mas ainda não definiu o próximo passo a dar na carreira.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.