A+ / A-

Morreu o “pai” da primeira tradução da Bíblia interconfessional em Portugal

07 ago, 2018 - 14:39

Augusto Esperança era pastor da Igreja Presbiteriana e dirigiu durante anos a Sociedade Bíblica Portuguesa, que sob a sua direção iniciou uma colaboração com biblistas católicos.
A+ / A-

Morreu no passado dia 5 de agosto o pastor presbiteriano Augusto Esperança, aos 90 anos de idade.

Augusto Esperança foi presidente da Aliança Evangélica Portuguesa entre 1967 e 1969, mas foi na direção da Sociedade Bíblica de Portugal (SBP) que desenvolveu o seu trabalho mais marcante.

A SBP começou por ser o ramo português da Sociedade Bíblica Britânica e Estrangeira, mas sob a direção de Augusto Esperança autonomizou-se, adotando o novo nome. Nesse contexto conseguiu adquirir uma sede para a organização e abrir uma livraria.

Foi também por sua iniciativa que se formou uma comissão de biblistas católicos e protestantes que acabaria por desenvolver uma nova versão da Bíblia em português. Foi a primeira tradução dinâmica em linguagem corrente e uma das primeiras interconfessionais em todo o mundo.

Até hoje, esta versão da Bíblia continua a ser a única produzida por uma comissão mista de protestantes e católicos em Portugal.

O funeral de Augusto Esperança realiza-se na quarta-feira, 8 de agosto, às 10h na Igreja Presbiteriana de Lisboa, em Campo de Ourique, para onde segue ainda esta terça-feira, a partir das 17h.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.