O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Sporting

Marta Soares esclarece que não recusou lista de Bruno de Carvalho

06 ago, 2018 - 16:32

O presidente de Mesa da Assembleia Geral do Sporting sublinha que, estatutariamente, tem de receber todas as listas.
A+ / A-

Jaime Marta Soares diz, repete e reforça que não recebeu qualquer lista candidata à presidência do Sporting, encabeçada por Bruno de Carvalho. O presidente da Mesa da Assembleia Geral (MAG) desmente, assim, ter recusado qualquer lista, como acusou o presidente destituído.

Depois de ter recebido João Benedito, terceiro candidato oficial à liderança do Sporting, Marta Soares esclareceu a situação, aos jornalistas, explicando que tem de aceitar todas as candidaturas, que só serão validadas, após a fiscalização necessária.

"Nós não recusámos nenhuma lista, nem recusaremos. São puras invenções. Qualquer proponente de lista poderá apresentar a lista. Basta marcar dia e hora. Nunca nos chegou por parte de ninguém qualquer proposta de lista encabeçada por Bruno de Carvalho", afirmou o presidente da MAG.

Marta Soares acrescenta que não recebeu qualquer pedido, por parte do movimento "Leais ao Sporting", com Erik Kurgy como candidato. A lista, que tem Bruno de Carvalho como "presidente sombra", seria apresentada esta quinta-feira, às 17h30, mas Jaime Marta Soares esclarece que ninguém agendou essa entrega.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • João Lopes
    07 ago, 2018 Viseu 09:54
    Defendia alguém, que era necessário dizer a Bruno de Carvalho: «porque não te calas»? E dizia mais: «talvez se justificasse uma inspeção aos bens e haveres desse senhor e, se é verdade ou não, que ele fez fortuna enquanto esteve na presidência do Sporting...e por isso quererá voltar!