A+ / A-

Camacho a caminho da vitória no Rali Vinho Madeira

04 ago, 2018 - 23:08

Piloto madeirense fecha o dia destacado na liderança do Rali da Madeira, e está bem encaminhado para conquistar a vitória.
A+ / A-

Mais rápido em nove das 11 especiais da primeira etapa, Alexandre Camacho (Skoda Fabia R5) comanda destacado o Rali Vinho Madeira e vai partir para as derradeiras oito classificativas (85,98 km) com 31,5” de avanço sobre Miguel Nunes (Citroen DS3 R5) que já reconheceu que não consegue acompanhar o ritmo do campeão madeirense.

Para Alexandre Camacho, «as modificações que fomos fazendo resultaram, mas nada está decidido, porque o Miguel está a andar muito bem e é bom não esquecer que, o ano passado, o Miguel estava na frente e desistiu no último dia»

Segundo, no final do dia, Miguel Nunes reconhecia que «o Alexandre esteve muito forte e nós, com uma penalização e um tempo atribuído que nos atrasou ainda mais, acabamos por ficar ao dobro daquilo que devíamos estar, mas mesmo nesse caso seria muito difícil ir buscar o Alexandre»

José Pedro Fontes (Citroen C3 R5) tem sido terceiro de forma consistente, sendo batido pelos dois pilotos locais, mas com os terceiros tempos nas especiais tem cimentado o derradeiro lugar do pódio e é o melhor dos interessados no Campeonato Nacional, à frente de Miguel Barbosa (Skoda Fabia R5) e de Ricardo Teodósio (Skoda Fabia R5).

Rui Pinto (Ford Focus WRC), com um carro da geração anterior, é sexto à frente de Pedro Paixão (Hyundai i20 R5), a mostrar uma excelente adaptação ao carro da marca sul-coreana e também ele a beneficiar do facto de “jogar em casa”.

João Barros (Ford Fiesta R5), Vasco Diogo Silva (Mitsubishi Lancer X) e Armindo Araújo (Hyundai i20 R5) completam o lote dos 10 primeiros com Armindo Araújo, que é sexto entre os continentais, posição da qual não deverá sair, por estar a mais de dois minutos de João Barros, a menos que algo aconteça aqueles que o antecedem.

Amanhã, e para terminar a edição 2018 do Rali Vinho Madeira, os concorrentes vão ter de cumprir uma dupla passagem pelas especiais de Câmara de Lobos (10,49 km – 10.33 e 14.31), Ponta do Sol (8,02 km – 11.14 e 15.12), Ponta do Pargo (13,11 km – 11.57 e 15.55) e Rosário (11.37 km – 12.48 e 16.46)

Classificação no final da 1.ª etapa

1.º, Alexandre Camacho/Pedro Calado (Skoda Fabia R5), 1.15’17,3”

2.º, Miguel Nunes/João Paulo (Citroen DS3 R5), a 31,5”

3.º José Pedro Fontes/Paulo Babo (Citroen DS3 R5), a 1’23,2”

4.º, Miguel Barbosa/Hugo Magalhães (Skoda Fabia R5), a 1’52,6”

5.º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Skoda Fabia R5), a 2’02,1”

6.º, Rui Pinto/Ricardo Faria (Ford Focus WRC), a 2’04,0”

7.º, Pedro Paixão/Jorge Henriques (Hyundai i20 R5), a 2’05,8”

8.º, João Barros/António Costa (Ford Fiesta R5), a 2’21,7”

9.º Armindo Araújo/Luís Ramalho (Hyundai i20 R5), a 4’49,8”

10.º, Vasco Diogo Silva/Ricardo Ventura (Mitsubishi Lancer X),a 4’58,5”

Estão classificadas mais 27 equipas

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.