O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Revista de imprensa

Um jornal para cada "grande"

27 jul, 2018 - 08:00

A futura legislação sobre claques é um tema a que só o diário O Jogo dá destaque na primeira página.
A+ / A-

Os diários desportivos atiram, esta sexta-feira, a alvos diferentes. O portuense O Jogo põe Éder Militão na primeira página com o aval do antigo jogador portista Maicon: "Era agora ou nunca" e "Faz três posições e nem sei em qual é melhor".

O Record diz que "Gélson ainda é negócio". O diário da Cofina avança que "tensão na SAD obriga Sousa Cintra a renegociação" e que o Atlético de Madrid "também quer evitar tribunais".

Por sua vez, A Bola dá eco à estratégia de comunicação de Luís Filipe Vieira. Dos Estados Unidos, o presidente do Benfica lançou o aviso de que na Luz se aposto no "regresso à hegemonia no futebol português".

A seleção de sub-19, que garantiu presença no Europeu da categoria com uma vitória por 5-0, frente à Ucrânia, merece algum destaque em O Jogo que sublinha: "Três finais em quatro anos!". A Bola fala em "meia hora de sonho" e o Record alude a "goleada histórica".

A nova legislação sobre claques é um tema ignorado pelos jornais de Lisboa, mas O Jogo sublinha que "Só entram no estádio os membros com cartão de adepto" e avança: "Futura lei das claques inquieta águias".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.