A+ / A-
Espanha

Rúben Semedo promete mostrar "versão melhor" no Huesca

20 jul, 2018 - 13:40

O central português foi emprestado ao clube depois de sair em liberdade condicional. Semedo está indiciado por seis delitos.
A+ / A-

Rúben Semedo prometeu aos adeptos que verão "uma versão melhor" dele no Huesca, clube por que assinou depois de sair em liberdade condicional. O central português estava em prisão preventiva, em Espanha, por suspeitas de tentativa de homicídio, ameaças, agressões, detenção ilegal, posse ilegal de armas e roubo com violência.

"Vão ver uma versão melhor do Rúben Semedo. Agradeço a confiança depositada em mim e vou dar o máximo para ajudar o Huesca a conseguir a permanência. Quero que comece a Liga e acredito que os adeptos vão ajudar-nos", afirmou o jogador, esta sexta-feira, na conferência de imprensa de apresentação como reforço do clube.

Programa de segundas oportunidades

Semedo salientou que está "com muita vontade" de "ajudar o clube a alcançar os seus objetivos" e de "ser importante" para o Huesca.

"Creio que vamos formar um grupo competitivo e que vamos cumprir o objetivo da permanência [na I Liga espanhola]", realçou, insistindo que está bem, "confiante e com muita vontade que a Liga comece".

O diretor desportivo do Huesca, Emilio Vega, pediu aos jornalistas presentes para se focarem no "percurso desportivo do atleta", em vez dos problemas com a justiça: "Somos um clube acolhedor, que dá segundas oportunidades. Todos têm direito a ser felizes e a fazer o que gostam".

Rúben Semedo chega ao Huesca por empréstimo do Villarreal, até ao final da época. O clube da região autónoma de Aragão ascendeu, na temporada passada, à I Liga e aí tentará manter-se, esta época.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.